Bolsonaro ratifica no Twitter que não irá permitir pedágio na Dutra em Guarulhos

Referencia 1997 Estrada Transito Veiculo Caminhão Carro Rodovia Presidente Dutra Movimentada Movimento Guarulhos - SP - Brasil Data 12.02.2007 Fotografo Clovis Ferreira - Digna Imagem www.dignaimagem.com.br 5232 x 2727 Pixels - 300 dpi Royalty Protegido

O presidente Jair Bolsonaro usou sua conta no Twitter, na noite desta terça-feira (21) para ratificar que não procede a informação de que seriam criadas, na Rodovia Presidente Dutra (Via Dutra), uma praça de pedágio em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo e outra na região de Barra Mansa, no estado do Rio de Janeiro.

Ainda pelas redes sociais, o presidente disse que no momento da renovação da concessão da rodovia, que vence em 2021, o governo vai propor a diminuição do valor do pedágio e não permitirá a construção de novas praças de pedágio. A Via Dutra é administrada pela empresa CCR desde 1996. O contrato vence em março de 2021, mas a intenção do governo é realizar o certame no final do segundo semestre de 2020. O trecho a ser leiloado liga as duas maiores regiões metropolitanas do país (Rio de Janeiro e São Paulo), passando por 34 cidades.

Bolsonaro já havia atendido a reivindicação feita pelo prefeito Guti (PSB), que se mostrou contrário ao pedágio na via expressa da Dutra no trecho Guarulhos tão logo a ideia foi cogitada em audiência pública da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), que discutiu a nova concessão da rodovia, na sexta-feira (17)

Quem intermediou a reivindicação de Guti a Bolsonaro foi o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, que assim como o prefeito guarulhense é contra a ideia de implantar a cobrança. Guti também conversou com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que se demonstrou bastante solícito à reivindicação.

“Acabei de solicitar e fui prontamente atendido pelo presidente Jair Bolsonaro, que me garantiu: enquanto ele for presidente, não permitirá qualquer pedágio na rodovia Presidente Dutra, no trecho de Guarulhos”, disse o prefeito.

Foto: Clóvis Ferreira