EDP promete inaugurar o Eletroposto na 1ª quinzena de fevereiro no Bosque Maia

Antônio Boaventura

[email protected]

Guarulhos irá ganhar até o final da 1ª quinzena do próximo mês seu primeiro Eletroposto, dispositivo para abastecimento de carros elétricos, que está sendo implantado pela EDP Bandeirante no parque Bosque Maia, região central. De acordo com Departamento Estadual de Trânsito do Estado de São Paulo (Detran), o município possui aproximadamente 40 carros elétricos.

Em função desta iniciativa operacional se encontrar em fase de testes, ainda não é possível ter maiores detalhes e tampouco a previsão de instalação de outros Eletroposto em outras regiões do município, segundo a concessionária responsável pela energia elétrica de Guarulhos. Antes, os proprietários deste modelo de veículo precisavam se locomover até a cidade de Guararema, que fica 70 quilômetros distante de Guarulhos, para abastecer o carro.

No país, foram registrados, até meados de 2018, 8.640 veículos com mais de uma fonte de energia. Destes, de acordo com o Detran-SP, 1.410 estão no estado de São Paulo, que por sua vez registra 34 veículos em Guarulhos. Essa quantidade representa 2,4% da frota deste modelo de veículo no estado. O número contempla todos os tipos de veículos – moto, carro, ônibus e outros.

Em julho do ano passado, entrou em operação o corredor com postos de carregamento para carros elétricos na rodovia Presidente Dutra. As estações de recarga vão permitir, pela primeira vez, realizar uma viagem completa em veículo elétrico entre as capitais de São Paulo e Rio de Janeiro, as duas cidades mais populosas do Brasil.

O tempo estimado para o abastecimento de um veículo com bateria de 22kWh é de 25 minutos para 80% da carga. O abastecimento poderá ser feito por até dois veículos ao mesmo tempo em cada estação. Para carregar, basta conectar o automóvel ou motocicleta, seja elétrico ou híbrido, e iniciar as operações no painel do carregador.

De olho nesta tecnologia, a prefeitura testou há pouco mais de 15 meses a possibilidade de implantar ônibus movido à energia elétrica. Eles são fabricados no país e que têm chassis da empresa chinesa BYD, e já transitam na cidade de São Paulo. Os testes nas linhas 275 (Cocaia – Shopping Internacional), operada pela empresa Viação Urbana Guarulhos (VUG), 433 (Terminal São João – Terminal Vila Galvão), 453 (Terminal São João – Centro), ambas administradas pela Empresa de Ônibus Vila Galvão.

Foto: Ivanildo Porto