Prefeitura solicita ao Governo Federal novos parques e áreas verdes para ajudar no combate a enchentes

O prefeito Guti esteve na manhã desta terça-feira, dia 11, no Ministério do Meio Ambiente, em Brasília, em reunião com o ministro Ricardo Salles, solicitando ao governo federal recursos financeiros para a implantação e revitalização de diversos parques em Guarulhos, incluindo a um  parque linear junto ao córrego dos Cubas, o que ajudará no combate a enchentes na região da Vila Rio de Janeiro. Guti também pediu a ajuda do ministro para ajudar a cidade a buscar linhas de crédito que possam ajudar o município a recuperar as áreas afetadas pelas chuvas dos últimos dias.   

Guti, na companhia do secretário municipal de Meio Ambiente, Abdo Mazloum, e do deputado federal Cezinha de Madureira, ouviu do ministro que o governo federal se coloca à disposição de Guarulhos no sentido de recuperar áreas verdes urbanas, como forma de aumentar a permeabilidade do solo, o que contribui para o combate às enchentes. “A agenda de qualidade ambiental urbana prioriza o aumento de áreas verdes no perímetro urbano. Essas enchentes mostram como é importante cuidar de temas importantes como a questão do lixo e do saneamento. Contem com a gente. O governo do presidente Bolsonaro sempre está trabalhando para as pessoas”, afirmou Salles.  

Entre as solicitações da Prefeitura de Guarulhos ao Ministério do Meio Ambiente, estão a revitalização do Lago da Vila Galvão; a ampliação do Balneário Água Azul e implantação no entorno da lagoa; implantação do Parque Ponte Alta; revitalização da Fase 1 e implantação das Fases 2 e 3 do Parque da Saúde, com obras entre os bairros Gopoúva, Iris, Vila Augusta e Tranqulidade. Também figuram na pauta as revitalizações da Casa do Atleta, do Horto Florestal e do Parque Onofre Miranda, ampliação do Parque Vilanova Artigas, implantação de área de lazer do campo da avenida Juscelino Kubistcheck e reformas do Orquidário Municipal e da praça Getúlio Vargas.  

Já a implantação do Parque Linear Córrego dos Cubas irá funcionar como uma extensão do Bosque Maia, em direção da avenida Salgado Filho, na Vila Rio de Janeiro, o que irá requalificar uma área que se encontra bastante degradada.