Usuárias do SUS podem agora agendar o papanicolau pelo app Saúde Guarulhos

A partir desta segunda-feira (9) usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS) poderão agendar a coleta de papanicolau por meio do aplicativo Saúde Guarulhos. A ferramenta, habilitada no mês em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher, visa a sensibilizar esse público sobre os cuidados com a saúde, facilitando o acesso ao exame que previne o câncer de colo de útero.

Ao acessar o aplicativo a usuária deve selecionar “Agende sua Consulta” e em seguida escolher a especialidade “Enfermeiro(a)”, que é o profissional que realiza o exame. Na sequência aparecerá a data e horário da consulta, bem como o profissional que irá atendê-la. Todas as mulheres que já iniciaram a atividade sexual devem realizar o papanicolau, que é indolor, simples e rápido.

Para melhor eficiência do exame, a mulher não deve ter relações sexuais (mesmo com camisinha) no dia anterior e  evitar o uso de duchas, medicamentos vaginais e anticoncepcionais locais nas últimas 48 horas. Além disso, é importante que não esteja menstruada, porque a presença de sangue pode alterar o resultado. Gestantes podem se submeter ao exame sem prejuízo para a sua saúde ou a do bebê.

No dia 21 de março, sábado, todas as Unidades Básicas de Saúde estarão abertas das 8h às 16h para realizar a coleta de papanicolau sem a necessidade de agendamento ou pedido médico. Trata-se de uma alternativa para quem ainda não tem acesso ao aplicativo, disponível neste momento somente para o sistema Android.

O Instituto Nacional de Câncer estima que surjam mais de 16 mil novos casos da doença em 2020, por isso é importante que a mulher realize o papanicolau anualmente. O exame preventivo do câncer do colo do útero é a principal estratégia para detectar lesões precocemente e fazer o diagnóstico da doença antes que a mulher tenha sintomas.

Sua realização periódica permite que o tratamento comece logo na fase inicial, aumentando as chances de cura e reduzindo a mortalidade pela doença, que representa hoje a quarta causa de óbitos de mulheres no Brasil.

Líder do governo aponta a evolução do app no atendimento à população

O líder do governo na Câmara, vereador Eduardo Carneiro (PSB), entende que a evolução do aplicativo Saúde Guarulhos deve colaborar para reduzir as queixas no atendimento à população na área da saúde. Implantado no final de outubro do ano passado, esse aparato tecnológico custou aos cofres públicos à quantia de quase R$ 7 milhões.

“Vejo também que a questão dos aplicativos é um avanço, apesar das críticas. Ele é feito por módulo e nós vamos chegar ao ponto de ter o prontuário eletrônico que vai interligar todas as UBS aos hospitais e acredito que até o final do ano possam estar interligados. Vivemos em um mundo informatizado e não tem mais nexo você ficar com um prontuário de papel”, explicou Carneiro.

Carneiro entende que a tecnologia precisa de ajustes, inclusive mecanismos para que possa ser integrado ao prontuário dos usuários sem que o mesmo tenha a função de um sistema paralelo. “A gente precisa evoluir. Não temos um aplicativo pronto pra tudo. Você vai fazer através de módulos e avançando a medida que houver condições técnicas pra isso. Acho que estamos evoluindo bem”.