Postos do Poupatempo reforçam as medidas preventivas em São Paulo

A Prodesp – empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo que administra o programa Poupatempo em todo o Estado – trabalha desde o início do anúncio da pandemia do coronavírus para informar e orientar a população e os seus colaboradores sobre as medidas preventivas de combate à doença.

Desde o ano passado, a nova diretoria assumiu o compromisso e ampliou a oferta de serviços digitais, de sete para mais de 50, permitindo mais agilidade e comodidade aos cidadãos. Os serviços estão disponíveis no portal do Poupatempo (www.poupatempo.sp.gov.br) e podem ser solicitados sem sair de casa, totalmente online, pelo computador, celular e totens de autoatendimento.

Atualmente, os 10 serviços mais solicitados pela população representam 49% do total oferecido pelos postos do Poupatempo. Desses, sete (27%) podem ser feitos de forma remota, sem necessidade de comparecimento às unidades, como licenciamento de veículos, seguro desemprego, acesso à internet, consulta de débito de veículos, carteira de trabalho, segunda via da CNH e segunda via de contas.

Os únicos documentos dos mais demandados que precisam ser feitos de forma presencial são a segunda via de RG, renovação de CNH e a primeira via de RG para menor. Como os atendimentos nos postos em alguns casos são obrigatórios, o cidadão pode avaliar se é necessário fazer nesse momento ou aguardar. Quem for renovar a Carteira de identidade, pode postergar o serviço, já que por lei o documento não tem validade, exceto para viagens para países do Mercosul, no caso de não utilização do passaporte. Já a Carteira Nacional de Habilitação, de acordo com regulamentação federal, pode ser usada 30 dias após vencimento.