Hospital de Campanha de Guarulhos abre nesta 6ª com atendimento de excelência

O Centro de Combate ao Coronavírus de Guarulhos, que está sendo implantado no Parque Cecap, será aberto nesta sexta-feira (27) com atendimento de excelência, contando com 70 leitos, 10 UTIs e duas ambulâncias de última geração para atender qualquer tipo de paciente. Os detalhes foram repassados na noite desta quarta-feira (25) ao HOJE pelo secretário de Saúde, José Mario Stranghetti Clemente. O Hospital Geral de Guarulhos (HGG), do governo do estado, é considerado o hospital-base do Centro para os atendimentos de casos graves do covid-19.

Também conhecido como hospital de campanha, o Centro de Combate ao Coronavírus irá funcionar 24 horas, mas o atendimento a pedestres e no sistema drive-thur ocorrerá das 7h às 19h.

Os pacientes serão selecionados por cores, após a triagem: a branca, ele será liberado para casa; a azul, no caso de apresentar algum sintoma, mas que não precisa de internação; a amarela, o paciente ficará em observação para realizar exames; e a vermelha, será encaminhado imediatamente ao leito de UTI, sendo submetido a uma tomografia.

“Se nossos leitos de UTI ficarem todos ocupados, e isso a gente espera que não aconteça, aí entra o HGG como nosso hospital-base”, explicou José Mário.

A estrutura contará com 70 profissionais, entre médicos, enfermeiros e técnicos. O secretário de Saúde prevê que a abertura do hospital de campanha ocorra somente no final da tarde de sexta-feira, pois o local terá que passar por um processo de desinfecção antes de iniciar o atendimento.

José Mário informou que a rede municipal de saúde de Guarulhos dispõe de 87 respiradores e que, nos próximos dias, a cidade receberá outros 35 equipamentos do governo do estado. “Estes novos respiradores serão distribuídos no Hospital Municipal de Urgências (HMU), dez; Hospital Municipal da Criança e do Adolescente (HMCA), dez; e Hospital Pimentas-Bonsucesso, 15.

As UPAs Paulista, Cumbica e São João também estão preparadas para atender pacientes que precisem de respiradores, segundo explicou o secretário.

José Mário revelou que o empresário Antonio Veronezi colocou à disposição da Secretaria de Saúde o antigo prédio da Phillips, na Ponte Grande, para ser montada uma estrutura para atender pacientes com o covid-19. “Também já estamos de olhos na estrutura do Terminal Rodoviário de Guarulhos, no Cecap, um espaço subutilizado que poderá ser muito último numa situação mais caótica”, observou o secretário.