Prefeitura retoma entrega de máscaras nos terminais de ônibus na segunda-feira

A Prefeitura de Guarulhos, através dos agentes de transporte da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU), irá reiniciar o trabalho de entrega gratuita das máscaras, na próxima segunda-feira, dia 1º. Na primeira fase de distribuição, mais de seis mil máscaras foram entregues aos passageiros que chegavam sem o equipamento nos seis terminais de ônibus existentes da cidade.

Desta vez, a iniciativa irá contemplar os passageiros que chegarem sem o equipamento nos terminais e também em pontos de grande demanda nos itinerários. Os agentes também continuarão o trabalho de conscientização dos passageiros sobre a importância do uso do equipamento para diminuir a propagação do novo coronavírus.

Desde o último dia 27 de abril, atendendo ao decreto municipal 36.811, o ingresso nos coletivos não é permitido para quem não estiver usando máscara. A adesão da população à medida tem sido praticamente total, tanto por quem embarca nos terminais como por quem embarca no coletivo durante as paradas do itinerário. Em colaboração com a iniciativa, o jornal Guarulhos Hoje realizou recentemente doação dos equipamentos de proteção à Prefeitura.
Outros ações 

Para reforçar a ideia, foram fixados adesivos nos para-brisas dianteiros dos ônibus com os dizeres “Embarque permitido somente com o uso de máscaras”. A Guarupass, consórcio que reúne as três empresas concessionárias do município, providenciou os adesivos para toda a frota.

Nos táxis e transportes de passageiros por aplicativos, o movimento de utilização das máscaras de proteção contra a propagação da Covid-19 começou antes mesmo da publicação do decreto. Nessas modalidades, a adesão foi ainda mais rápida por parte de usuários e motoristas.

A Prefeitura também prossegue com o trabalho de limpeza contínua dos terminais da cidade. São utilizados caminhões-bomba de grande potência para a higienização com cloro de todos os boxes de paradas de ônibus, além dos pontos de espera dos passageiros. Já as empresas de transportes têm a obrigatoriedade de proceder à limpeza dos coletivos após cada viagem.