Colombianos acampados em aeroporto ganham banho em estádio de Guarulhos

Crédito: Ivanildo Porto

Há cerca de 20 dias acampados no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, os colombianos que tentam voltar para casa durante a pandemia do coronavírus foram levados ao estádio do Flamengo, time da quarta divisão paulista, para poder tomar banho em chuveiros.

Até então, eles vinham fazendo sua higiene pessoal nas pias dos banheiros disponíveis no aeroporto. Alguns locais de coworking também oferecem chuveiros, mas cobram taxas de utilização.

Divididos em quatro grupos, os mais de 200 colombianos foram recebidos no estádio Antônio Soares de Oliveira com café da manhã preparado por voluntários e funcionários do serviço social da cidade.

Os primeiros ônibus levaram 130 mulheres e 25 crianças. Os 74 homens serão transportados à tarde.

Eles receberam a garantia da Gru Airport e da Guarda Civil de que poderão retornar ao aeroporto – algo que anteriormente não estava garantido caso eles deixassem suas dependências.

Há cerca de 20 dias acampados no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, os colombianos que tentam voltar para casa durante a pandemia do coronavírus foram levados ao estádio do Flamengo, time da quarta divisão paulista, para poder tomar banho em chuveiros.

Até então, eles vinham fazendo sua higiene pessoal nas pias dos banheiros disponíveis no aeroporto. Alguns locais de coworking também oferecem chuveiros, mas cobram taxas de utilização.

Divididos em quatro grupos, os mais de 200 colombianos foram recebidos no estádio Antônio Soares de Oliveira com café da manhã preparado por voluntários e funcionários do serviço social da cidade.

Os primeiros ônibus levaram 130 mulheres e 25 crianças. Os 74 homens serão transportados à tarde.

Eles receberam a garantia da Gru Airport e da Guarda Civil de que poderão retornar ao aeroporto – algo que anteriormente não estava garantido caso eles deixassem suas dependências.