4ª Divisão: Ex-AD Guarulhos, Willyam Martins vive expectativa de retorno aos gramados após 1 ano afastado

Ex-AD Guarulhos, o atacante Willyam Martins afirma que está pronto para voltar aos gramados depois de estar recuperado de uma lesão no tendão - Crédito: Divulgação

Da Redação
Guarulhos, SP, 04 de junho de 2020

O futebol é realmente uma verdadeira caixinha de surpresas. Que diga o atacante Willyam Martins, de 26 anos. Depois de duas temporadas no futebol português com passagens pelo Tourizense e Peniche, ele sofreu uma grave lesão no tendão adutor e o impediu de defender o Yerevan, da Armênia, no começo desta temporada 2019 / 2020 e posteriormente o paranaense Cascavel CR. Recuperado, Martins, que também já defendeu as cores da AD Guarulhos, vive a expectativa de voltar aos gramados após a redução dos impactos provocados pelo Covid-19 e a autorização das autoridades sanitárias e de saúde.

“São coisas que acontecem e que pertencem ao futebol. Estamos sujeitos a este tipo de acidente. Estava me preparando para chegar em boas condições ao Yerevan F.C, que disputa a primeira divisão do futebol da Armênia. Esta seria mais uma grande experiência não somente profissional, mas também pessoal pelo fato de conhecer uma nova cultura em um país do Velho Continente”, declarou o atacante Willyam Martins.

Além de perder a oportunidade de atuar na Armênia, Martins, já recuperado da lesão, voltou a ganhar uma nova chance no futebol. Mas, dessa vez no Paraná. O Cascavel CR, que terminou a disputa do Campeonato Paranaense desta temporada na 9ª colocação, era o seu destino. Entretanto, pouco depois das tratativas o atacante sentiu novamente a lesão e ficou de fora da disputa daquela competição estadual. Esta condição o deixou longe dos gramados por 1 ano.

“Apesar dos problemas que venho atravessando, creio que o pior já passou e estou preparado para encarar os novos desafios que terei pela frente. Só lamento pelo fato de não ter disputado um campeonato muito competitivo como o Paranaense, mas acontece. Agora, é levantar a cabeça, continuar trabalhando e encarar de frente as chances que estão por vir. Vou corresponder às expectativas. A vontade é muito grande”, concluiu.

O atleta brasileiro atuou nas categorias de base do Avaí, Caxias e Chapecoense, além de uma passagem pelo Atlético Aichinger (SC). Depois vestiu do Grêmio Prudente e Vocem antes de partir para o futebol português. Na “Terra de Cabral”, ele defendeu o Tourizense (POR) e Peniche (POR), que disputavam a terceira divisão do Campeonato Português. Em Portugal foram 31 jogos disputados e 7 gols marcados.