Doria anuncia inclusão de testes privados no cadastro estadual

Crédito: Divulgação

Na contramão do governo federal, o governador de São Paulo, João Doria, anunciou nesta segunda-feira, 8, medidas para aumentar a transparência na divulgação de dados da covid-19 no Estado. Segundo ele, a partir de agora a rede privada será obrigada a notificar às autoridades estaduais os resultados dos testes que realizar. Isso deve quase quadruplicar o número de exames e, consequentemente, aumentar o número de casos registrados.

Além disso, Doria anunciou que o boletim epidemiológico do estado vai trazer informações novas, além das já existentes, como o número diário de internações em decorrência no novo coronavírus.

O secretário estadual de Saúde, José Henrique Germann, anunciou também que o Conselho Nacional dos Secretários de Saúde vai consolidar diariamente números nacionais sobre a evolução da doença e, se necessário, tornará estes dados públicos caso o governo federal tente ocultar o avanço dos casos da covid19 no país.

Nesta segunda-feira, 8, a Organização Mundial da Saúde (OMS) cobrou transparência ao governo brasileiro diante das mudanças na divulgação do boletim epidemiológico do Ministério da Saúde que passou a ocultar os números acumulados de mortes em decorrência da pandemia.

Segundo Doria, com a obrigatoriedade das notificações pela rede privada o número de testes diários no estado deve aumentar dos atuais 8 mil para cerca de 30 mil. “Estamos até ampliando o volume de informações para permitir uma transparência maior, melhor e mais atualizada¨, disse Doria, que chamou a mudança na divulgação dos números pelo Ministério da Saúde de ¨apagão de dados”.

“Ao incluir os testes realizados pela iniciativa privada ao monitoramento público isso dará uma visão mais abrangente da pandemia e de como combatê-la. Mais uma vez São Paulo entende que transparência nos dados significa trabalhar melhor para vencer a pandemia, jamais esconder informações”, completou o governador.