Prefeitura vai usar drones para fiscalização ambiental e proteção animal

Assim que os técnicos e fiscais da Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e representantes da Inspetoria Ambiental da Guarda Civil Municipal concluírem o treinamento, o que deve acontecer no final do próximo mês, a Prefeitura vai começar a usar drones (aeronaves remotamente tripuladas) para monitoramento ambiental em todo o território de Guarulhos, em especial nas áreas sob regime de Preservação Permanente (APP), Áreas Protegidas e Unidades de Conservação. O equipamento também será utilizado na fiscalização do cumprimento do Código de Proteção Animal, ajudando a identificar e provar casos de maus-tratos, por exemplo.

De acordo com os técnicos da Sema, como os drones (seis no total) permitem realizar inspeção pontual ou ampla de um determinado local, ações que da forma presencial levariam dias para serem feitas com o uso desses equipamentos serão finalizadas em cerca de uma hora. A precisão e rapidez na obtenção de dados auxiliarão na tomada de decisões quanto à emissão de licenciamentos ambientais, por exemplo, e ainda na obtenção de provas em casos de crimes ou de não cumprimento das exigências e condicionantes ambientais.

Além de subsidiar ações da Secretaria de Meio Ambiente, os dados obtidos serão disponibilizados ao Ministério Público, ao Tribunal de Contas e aos demais órgãos reguladores.