Eleições 2020: Adriana Afonso revela implementação de políticas para LGBTQi+ e faz críticas ao modelo de campanha na cidade

Antônio Boaventura
[email protected]

Representante do PL na disputa pelo Paço Municipal, a ex-vereadora Adriana Afonso fez nesta quinta-feira (29), em evento realizado pela OAB Guarulhos, críticas ao processo utilizado pelos candidatos nas campanhas eleitorais na cidade, porém, revelou que pretende implementar em seu plano de governo políticas públicas para atendimento ao público Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros (LGBTQI+).

“Todo cidadão necessita do que há de melhor. A comunidade LGBTQI+ precisa ser cuidada como cidadão. Criaremos um plano e ou projeto para qualquer minoria que se sentir excluída do processo de cidadania. Vamos colocar políticas de inserção e não seremos seletivos. Nossa proposta é inclusiva e a nossa visão é humanista. Vamos atuar em benefício da coletividade”, declarou Adriana Afonso.

Adriana também criticou o processo utilizado pelos candidatos nos mais diversos pleitos eleitorais. De acordo com ela, o poder econômico exerce forte fluência na disputa e, segundo ela, define diretamente o seu resultado. Ela defende maior fiscalização das práticas utilizadas e ações que possam estabelecer condições de igualdade entre os postulantes.

“O poder aquisitivo acaba dirigindo aquele ou aquela candidata de forma enganosa. Aquele que consegue colocar pessoas e material em todos os lugares da cidade sai em vantagem. E aquele que tem uma proposta mais clara acaba ficando em desvantagem”, concluiu.