Netflix aumenta preço de assinatura nos EUA

Divulgação Netflix

A Netflix anunciou novos preços para suas assinaturas nos Estados Unidos nesta quinta-feira, 29. O plano padrão subiu de US$ 13 para US$ 14, enquanto a assinatura premium passou de US$ 16 para US$ 18.

Procurada pelo jornal O Estado de S. Paulo, a assessoria de imprensa da Netflix no Brasil disse não ter nenhuma informação oficial sobre aumento de preços localmente. Em oportunidades anteriores, já houve momentos em que um reajuste nas mensalidades nos EUA não trouxe mudanças para o mercado brasileiro no curto prazo.

Nos EUA, os novos assinantes terão de pagar as assinaturas com os novos preços, enquanto os assinantes atuais verão os novos valores nas próximas semanas. A empresa também aumentou recentemente o preço do serviço de streaming no Canadá.

Um porta-voz da Netflix disse ao site The Verge que a empresa lança mudanças de preços país a país e o anúncio “nos EUA não influencia ou indica uma mudança de preço global”.

Em balanço trimestral divulgado na semana passada, a Netflix afirmou que foi afetada pelo fim das restrições de isolamento social em diversos países, bem como aumento na competição do mercado de streaming e o retorno dos esportes à TV. A empresa teve menor ganho trimestral de assinantes em quatro anos.

Na ocasião, muitos analistas apontaram que um reajuste nas assinaturas seria um jeito do serviço crescer seu faturamento nos EUA, dado que o crescimento da empresa em seu país de origem estava estagnado.