Eleições 2020: Guti ganha na Justiça direito de resposta contra candidato do PT

Da Redação
[email protected]

O prefeito Guti, candidato à reeleição pelo PSD, obteve neste domingo, 22, uma decisão favorável por parte da Justiça Eleitoral que lhe garantiu Direito de Resposta a ser concedido pelo candidato do PT na disputa em Guarulhos, por entender que ele mentiu durante um vídeo divulgado no Facebook.

A decisão da juíza Patricia Soares de Albuquerque aponta que é “atribuído ao candidato autor a prática de crime contra a administração, crime eleitoral, o que transborda da mera crítica, conduzindo à caracterização da irregularidade com a exacerbação dos limites legais”.

A juíza concede o direito de resposta de um minuto, que deve ser veiculado na página do Facebook do candidato do PT. No vídeo que deu origem à decisão, o petista questiona de onde veio o dinheiro da campanha eleitoral de Guti, sugerindo que seria a “mais cara da história de Guarulhos”, insinuando sem provas que poderiam ser oriundas de ações irregulares. Diante do exposto, Patrícia Albuquerque aponta em sua decisão: “da forma como exposta, vislumbra-se verdadeira expressão ofensiva à integridade pessoal do candidato da coligação representante”.

Guti esclarece que todos os recursos de sua campanha eleitoral estão devidamente registrados na Justiça Eleitoral e não tem nada a esconder. Cita inclusive que o candidato do PT já recebeu R$ 3.262.715,36, dos quais R$ 2.428.772,13 são provenientes do Diretório Nacional do partido e outros R$ 623.059,23 do Diretório Estadual do PT.