Acácio Pereira, morador de Guarulhos, está em segundo lugar no ranking nacional de MMA

Foto: Reprodução/Instagram

O lutador Acácio Pereira dos Santos, morador de Guarulhos que, apesar de ocupar a segunda posição de sua categoria no ranking nacional do esporte, vive uma realidade diferente dos grandes lutadores reconhecidos pelo UFC.

“Meu sonho é estar na elite do MMA, sustentar minha Família e viver do esporte, na minha cidade só tínhamos capoeira e futebol”, lembra Acácio.

O caçula dos sete irmãos, filho de fazendeiros, nasceu no pequeno Ponto dos Volantes, cidade da região de Teófilo Otoni, com 12 mil habitantes, a 600 quilômetros da capital Belo Horizonte. Foi no município vizinho à divisa de Minas Gerais com a Bahia que Acácio deu os primeiros passos no esporte, jogando capoeira.

“Meus irmãos mais velhos pegaram fases piores. Mas, nenhum de nós seguiu o caminho errado e meus pais nunca deixaram a gente passar fome”, complementa. Apesar da infância humilde, o lutador, que tem mulher e um filho, Thomaz, de três anos, não reclama da situação e ressalta que nunca faltou o sustento à família.

Entre as idas e vindas da verdadeira luta pelo gol, Acácio quebrou a mão em um acidente, que o obrigou a se submeter a uma cirurgia, procedimento também realizado após uma lesão no joelho. Ele capotou um carro horas antes de entrar no ringue.

“Sempre carrego o nome e a bandeira de Guarulhos. Assim também como da minha família, da minha esposa – que conheci no MMA – e ao nosso filho, a quem planejo um grande futuro”, diz. O persistente lutador admite todas as dificuldades do MMA, mas destaca um amor maior pelo esporte do que esses obstáculos. Orgulhoso da cidade onde mora, mostra gratidão a Guarulhos por recebê-lo.