Câmara Municipal vota nesta sexta-feira projeto para recriação de cargos da Prefeitura

Da Redação
[email protected]

A Câmara Municipal deliberou nesta quinta-feira (22) a proposta do prefeito Guti (PSD) para recriar 1.131 cargos comissionados na Prefeitura. Entretanto, o parlamento guarulhense vota a proposta em sessão extraordinária, realizada de forma virtual, nesta sexta-feira (23). Caso seja aprovada pelos 34 parlamentares, a sugestão segue para sanção do chefe do Poder Executivo.

Durante a deliberação, os vereadores Lucas Sanches (PP), Edmilson Souza (PSOL), Janete Pietá (PT) e Rômulo Ornelas (PT), se manifestaram contra a deliberação. No debate, integrantes da oposição ao governo do prefeito Guti naquela Casa de Leis afirmaram que não são contra a criação de cargos comissionados, mas sim de avaliar a quantidade e o momento para a criação destes cargos.

Ornelas entende que, mesmo na gestão do ex-prefeito Sebastião Almeida (ex-PT e agora PDT) houve uma “farra do boi” na criação de cargos. Além da base aliada, a gestão do prefeito Guti sofria pressão também de secretários, que reclamavam da falta de funcionários. A gestão municipal afirma que haverá uma redução de R$ 200 mil na criação dos novos cargos na comparação com o ano anterior.