Governo do Estado planeja vacinar gestantes, puérperas e pessoas com comorbidades a partir do dia 11

Da Redação
[email protected]

João Doria (PSDB), governador do Estado de São Paulo, anunciou nesta quarta-feira (05) a campanha de vacinação contra covid-19 para pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas a partir da próxima terça-feira (11). O Governo do Estado espera vacinar mais de 1 milhão de populares nestes três grupos com a primeira dose do imunizante destinado ao combate do vírus.

No caso das gestantes é preciso apresentar comprovante de estado gestacional, que pode ser carteira de acompanhamento da gestação, pré-natal ou laudo médico. Além disso, um comprovante da comorbidade, que pode ser através de exames, receitas ou relatório médico. As puérperas devem levar a certidão de nascimento da criança, de até 45 dias, para serem imunizadas. É necessário ainda o comprovante da comorbidade.

De acordo com Doria, serão contempladas até 100 mil mulheres. No mesmo dia, o Estado vai começar a imunizar 30 mil pessoas com deficiência permanecente de 55 a 59 anos. No dia 12, será a vez das pessoas com 55 a 59 anos, com comorbidades, serem vacinadas. O grupo possui 900 mil pessoas.