Guarulhos poderá usar dose dos faltosos para antecipar imunização

A ´Prefeitura de Guarulhos poderá usar a dose destinada à segunda imunização dos guarulhenses para antecipar a vacinação da população. A opção foi explanada pelo governo estadual durante coletiva de imprensa realizada nesta quarta-feira (20).

Segundo a coordenadora do Plano Estadual de Imunização, Rejane de Paula, os municípios têm autonomia para esta decisão já que, no caso de Guarulhos, 100 mil doses podem ser descartadas devido ao vencimento. “Eles podem tomar a decisão de antecipar determinadas faixas etárias porque a vacina está em posse das prefeituras e são elas que conhecem a sua população e quem deve ser vacinado em seu território”, disse.

Outra opção apresentada é a destinação das doses para outras cidades. “Estamos fazendo com que os municípios, se necessário, possam remanejar via vigilância epidemiológica, para outras cidades, mas antes disso que os gestores olhem para a sua população não vacinada com a Pfizer e, se necessário, antecipem e tomem essa decisão. Não esperamos e não contamos com perdas das doses”, destacou Rejane.

De acordo com ela, muitas cidades estão com este problema, principalmente devido ao vencimento das doses da Pfizer que têm o prazo de validade menor. “Passamos a antecipar a aplicação das doses da Pfizer porque depois que ela é descongelada e disponibilizada na rede tem 30 dias para ser aplicada”, disse.

Faltosos

Por mais que os números de vacinados em Guarulhos sejam bastante expressivos, com quase 100% da população vacinável (acima de 12 anos) imunizada com pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19, um dado preocupa as autoridades sanitárias. Até segunda-feira (18) 74.211 guarulhenses não haviam tomado a segunda dose do imunizante da Pfizer, após o prazo estabelecido (56 dias após a primeira dose), 28.243 faltosos para a segunda dose da Coronavac e 18.183 para a Astrazeneca, totalizando 120.637 mil guarulhenses com o esquema de vacinação incompleto.   

Imagem: Governo do Estado de São Paulo