Covid: Câmara alega ‘equívoco’ e retira nome de vereadores da lista de funcionários suspensos

A Câmara Municipal retirou nesta segunda-feira (25) o nome dos vereadores da relação de funcionários da Casa que seriam suspensos devido a não terem sido imunizados contra a covid-19.

Na relação, publicada na edição de sexta-feira (22) do Diário Oficial do Município, constavam o nome de 16 vereadores e outros 154 trabalhadores do Legislativo.

Segundo nota de esclarecimento, assinada pelo diretor executivo de Administração de Pessoal, Anderson Luis de Almeida Paulino, a presença dos nomes de servidores e vereadores já imunizados contra a covid, “na qual deveria conter apenas os nomes daqueles que ainda não haviam comprovado a vacinação, se deu em função de um equívoco por parte do Ambulatório Médico da Câmara, responsável por receber os comprovantes de vacinação. O setor médico da Casa, por engano, encaminhou à Diretoria Executiva de Administração de Pessoal uma listagem desatualizada. Ao receber o documento, coube-nos, apenas, como procedimento administrativo, expedir portaria para publicação”, diz.

Dessa forma, a “Diretoria Executiva de Administração de Pessoal informa que já solicitou ao Ambulatório Médico máxima urgência no envio da listagem correta para que possamos, o mais rápido possível, expedir portaria retificadora de forma a ser publicada” na edição desta terça-feira (26).

Por fim, a nota destaca que o Legislativo tem “conhecimento de que todos os vereadores já entregaram seus comprovantes de vacinação contra a covid-19”.