Arquivo Histórico apresenta exposição em celebração ao Dia da Consciência Negra

Foto: Divulgação/PMG

Até o final do mês de novembro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, o Arquivo Histórico Municipal de Guarulhos apresenta a exposição Consciência Negra, em homenagem à cultura negra na cidade. Iniciativa da Secretaria de Cultura, a mostra tem como objetivo fortalecer e contribuir com os debates acerca das questões sobre igualdade racial.

O dia 20 de novembro foi escolhido como Dia da Consciência Negra em menção à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695. Essa celebração objetiva trazer como reflexão a importância do povo e da cultura africana na construção do país.

A mostra homenageia algumas personalidades negras da cidade, que se destacaram por suas contribuições para a cultura o esporte guarulhense, como Emílio da Conceição Nascimento, conhecido como Mestre Mirão e fundador da Associação Desportiva e Cultural de Capoeira Rosa Baiana; Teresinha Gomes, a Babá Tereza, fundadora da primeira escola de samba de Guarulhos; Mário de Oliveira, símbolo do atletismo brasileiro que trouxe para Guarulhos o primeiro título de campeão da São Silvestre, e o artista cearense Cesar Enoque.

O Arquivo Histórico fica na avenida Monteiro Lobato, 734, Macedo.