Delegado e investigadores do 4ºDP são homenageados pelo estado

O secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos, homenageou, nesta quarta-feira (17), 10 policiais militares e três civis da Região Metropolitana de São Paulo com o certificado “Policial Nota 10”. 

Em sua 17ª edição, a iniciativa, criada pela Secretaria da Segurança Pública, tem como objetivo reconhecer e estimular o bom trabalho policial em todo o Estado de São Paulo. A solenidade aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, localizado na zona oeste da capital paulista.  

Os casos que geraram destaques aos profissionais envolvem combate a incêndio e prisões de autores por envolvimento com lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Representando a Polícia Civil, foram condecorados o delegado João Batista Pires Blasi e os investigadores José Umberto Salvador de Carvalho e Jorge André Carvalho, integrantes do 4º Distrito Policial de Guarulhos.

O trio foi reconhecido pelas investigações que culminaram na realização da primeira e segunda fase da operação “Soldi Sporchi”, em junho e julho de 2020, respectivamente.

As ações ocorreram para cumprir mandados de prisão temporária e de busca e apreensão contra suspeitos de envolvimento com lavagem de dinheiro e organização criminosa, os quais utilizavam clínicas médicas de faixada para cometer os crimes, bem como prestavam atendimento médico clandestino a membros de facção.

Na primeira fase da operação, participaram da atuação em campo 350 policiais civis, com apoio de 100 viaturas e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Na segunda fase, os trabalhos tiveram a colaboração das Delegacias Seccionais de Guarulhos, Mogi das Cruzes e Carapicuíba, além do Departamento de Polícia Judiciária da Macro São Paulo (Demacro) e Corregedoria da Polícia Civil.

Como resultado de ambas as ações, foram cumpridas ordens judiciais na Capital e Grande São Paulo, somando 20 prisões e 17 veículos apreendidos, incluindo carros de luxo. Também foram recolhidos um jet ski, oito armas de fogo, 15 munições, equipamentos eletrônicos, relógios de pulso e cerca de R$ 500 mil.

Representando a Polícia Militar foram agraciados o tenente Thiago Fernandes de Lira; os sargentos Gilson da Silva e Everton Aparecido Cardoso; os cabos André Luis Ferreira, Allyson Pedrassoli Dalbério, Fabio Issao Noguchi e Jackson dos Santos Luiz e Luiz Guilherme Sandre; bem como os soldados Kércia Maria Freire Rocha e Rochely Mariano Augusto.

O grupo pertence ao 18º Grupamento de Bombeiros e foi reconhecido pela atuação em um incêndio de grande proporção iniciado em uma indústria, no dia 26 de agosto deste ano, na rua Antilhas, no Jardim Califórnia, em Barueri – município sede da unidade.

Na ocasião, as equipes do GB foram acionadas por volta das 11h40 para atender a ocorrência em uma empresa de produtos químicos e inflamáveis. Chegando ao local, no entanto, os bombeiros verificaram que o fogo havia propagado, atingido outras duas indústrias vizinhas e uma residência, e posteriormente a situação se complicou ainda mais, já que os líquidos inflamáveis da primeira empresa escorreram pelas galerias pluviais, alcançando um córrego, mais duas indústrias, além de nove imóveis – seis comerciais e três residenciais.

Para combater um incêndio de tamanha proporção, os bombeiros montaram duas frentes de trabalho e, com a ajuda de equipes do 2º e 4º GB, bem como do Grupamento de Ações em Emergência e Desastres (Gaed), conseguiram eliminar o fogo após quatro horas de atividade. Em seguida, o grupo atuou no rescaldo e busca por vítimas.

Em uma das empresas foram localizadas uma mulher, duas crianças e um bebê de 11 meses acometidos pelas chamas. Outras oito vítimas foram socorridas antes da chegada das equipes.

Imagem: Secretaria de Segurança Pública