Guarulhos promove o Dia Internacional das Cidades Educadoras no CEU Bonsucesso

Fotos: Eduardo Calabria/PMG

Nesta terça-feira (30), data em que é celebrado o Dia Internacional das Cidades Educadoras, o CEU Bonsucesso recebeu o encontro A Cidade Educadora não deixa Ninguém para Trás. O evento, promovido pela Prefeitura de Guarulhos de acordo com as orientações da Associação Internacional das Cidades Educadoras (AICE), reuniu gestores das escolas municipais, dos CEUs e dos Centros Municipais de Educação, entre outros representantes, para comemorar e divulgar os resultados das inciativas desenvolvidas pela cidade em concordância com os princípios da Carta das Cidades Educadoras.

Com base na lei municipal 7.331/2014, Guarulhos tornou-se integrante da AICE, assumindo o compromisso de propiciar e ampliar os espaços educativos na cidade por meio de políticas públicas de qualidade.  

“Todos sabemos o quanto evoluímos na rede municipal desde 2017 e das dificuldades enfrentadas sobre o ensino virtual nesse período de pandemia. Mas, olhando para trás, sabemos que saímos fortalecidos e diferentes durante esse processo. Hoje as atividades estão sendo retomadas e sabemos que, quando falamos de cidade educadora, precisamos entender que, mesmo sem a sala de aula, a educação não parou de existir, o aprendizado continuou. Esse é o momento para refletir até onde vão os muros da escola e que a educação se faz em todos os espaços”, destacou a subsecretária da pasta, Fábia Costa. 

A diretora do Departamento de Orientações Educacionais e Pedagógicas (Doep), Solange Turgante, deu ênfase ao compromisso da educação em referência à data. “Como educadores, é importante priorizar e potencializar os espaços educativos na cidade, pois é onde os nossos estudantes vão aprender. Para o próximo ano, a Secretaria de Educação tem algumas etapas necessárias a cumprir para a construção de uma cidade educadora, ações que envolvem também outras secretarias e que, portanto, devem ser conhecidas”. 

A ação oportunizou a reflexão e a articulação de ações necessárias para que a educação seja compreendida como uma grande alavanca política no combate às desigualdades e na promoção do bem-estar dos munícipes. Na ocasião, foram apresentados os projetos e as atividades desenvolvidas pela secretaria atualmente, como o Programa Escola 360, o Cemear, a formação de educadores, entre outras iniciativas. 

A Carta das Cidades Educadoras é um documento elaborado pelos municípios pertencentes à AICE que deram início ao movimento nos anos 1990, na Espanha. Ela está disponível em https://www.edcities.org/pt/carta-das-cidades-educadoras/.