461 anos e um único desejo: avançar

Foto: Olivia Villegas

Guarulhos completa nesta quarta-feira 461 anos. A segunda maior cidade do Estado de São Paulo, com protagonismo nacional e reconhecimento internacional, vive um único anseio: avançar.

A pandemia do novo coronavírus em 2020 afetou de forma devastadora todo o mundo, não sendo diferente em Guarulhos. O isolamento social imposto como uma das medidas de combate ao vírus covid-19, afetou as relações econômicas prejudicando os grandes e também os pequenos comércios, que viram no delivery uma chance para não fecharem as portas.

A educação se reinventou. O giz e a lousa cederam espaço para os smartphones e computadores tanto para professores quanto para alunos que tiveram no online a continuidade dos estudos.

Em casa, a população precisou de paciência e força de vontade para encarar os dias de isolamento, conciliando com o home office e, juntos, enfrentarem o inimigo invisível, mas que infelizmente deixou rastros reais e visíveis. Em Guarulhos, mais de cinco mil vidas foram ceifadas de forma desoladora. O vírus não escolheu raça, classe social, instrução acadêmica. Ele chegou deixando muitas famílias de luto.

Contudo, em 2021 a esperança foi retomada e tem um nome: vacina. A imunização da população tem sido fundamental para os índices caírem.

Aos poucos a população pôde voltar às ruas, mesmo que respeitando o distanciamento social e com a utilização das máscaras – o acessório que já faz parte da vida de todos.

Os comércios reviveram datas especiais. Dia das Mães, Pais, crianças e namorados foram celebrados e fizeram a economia novamente respirar. Lojas e shoppings voltaram a encontrar os clientes depois de tantos dias.

A vacinação levou de volta para as salas de aulas professores e alunos, cheios de saudades e com desejo de juntos retomarem o aprendizado. Os escritórios, indústrias e demais setores receberam os profissionais de volta e com a expectativa de novas contratações.

A chegada da nova variante Ômicron, deixa ainda uma nuvem de incerteza neste momento onde as organizações de saúde ainda estudam a letalidade e transmissibilidade do vírus. Mas, ainda assim, o momento é de recomeço.

Por isso, nesses 461 anos de Guarulhos o HOJE destaca as principais ações realizadas para que essa retomada seja constante e o município vislumbre o crescimento e o desenvolvimento, se reinventando e proporcionando qualidade de vida aos guarulhenses.