Guarulhos se mantém como 11ª economia do Brasil

Foto: Olivia Villegas

Com um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 65,1 bilhões, Guarulhos se manteve como a 11ª economia do Brasil. A cidade está atrás dos munícipios de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Osasco (SP) , Fortaleza (CE) e Campinas (SP).

Guarulhos, no entanto, caiu da terceira para a quarta posição no ranking estadual.

O levantamento consta no Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios 2019, estudo divulgado nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Estudo

Em 2019, ¼ do PIB do país vinha de apenas oito municípios e o líder em participação era São Paulo (SP) responsável por 10,3% do PIB do país que, naquele ano, chegou a R$ 7,4 trilhões. Já o município com o maior PIB per capita foi Presidente Kennedy (ES), com R$ 464.883,49.

A densidade econômica do país era de R$ 870 mil por quilômetro quadrado (R$/km²). Osasco (SP) era o município com a maior densidade, gerando R$ 1,3 bilhão/km².

Entre 2018 e 2019, os municípios com maior ganho de participação no PIB do país foram São Paulo (SP), Maricá (RJ), Saquarema (RJ), Parauapebas (PA), Brasília (DF) e São José dos Pinhais (PR), cada um com acréscimo de 0,1 ponto percentual (p.p.).

A atividade econômica na Cidade-região de São Paulo, que reúne 92 municípios adjacentes com forte interação, gerava o equivalente a quase 1/4 do PIB do país e, ainda, 20,4% do valor adicionado bruto da indústria nacional.

Em 48,9% dos municípios do país, a administração pública foi a principal atividade econômica em 2019. Esse predomínio ocorria em mais de 90% dos municípios do Acre, Roraima, Amapá, Piauí e Paraíba e em apenas 9,9% dos municípios paulistas.