Confira quatro dicas de segurança para motoristas de aplicativo

Foto: criado por pressfoto/Freepik

Os termos “motorista aplicativo assaltado” e “motorista aplicativo morto” estão sempre nas primeiras páginas das ferramentas de busca quando pesquisamos por essa classe de trabalhadores. Os casos de violência contra esses profissionais são o estopim que escancararam as múltiplas vulnerabilidades que os acompanham no trabalho. Até o mês de junho, mais de 40 motoristas de aplicativo haviam sido assassinados durante o trabalho em 2021 no Brasil, conforme apontou levantamento do Fantástico, da TV Globo.

“Motoristas de aplicativo têm buscado, como podem, estratégias para se protegerem de assaltos, sequestros relâmpagos e outros tipos de violências. Alguns trocaram a noite pelo dia, enquanto outros só abrem a porta depois que o passageiro confirma o nome e mostra o rosto”, conta Luiz Gustavo Neves, co-fundador e CEO do StopClub, plataforma de comunicação, localização e segurança colaborativa.

Com o objetivo de alertar e apresentar novos serviços para quem vive dirigindo pelas ruas e avenidas do Brasil, Neves preparou quatro dicas de segurança baseadas em dados e depoimentos que fazem a diferença tanto para motoristas experientes, quanto para iniciantes. Confira a lista:
 

  • Nota alta do passageiro nem sempre é bom sinal: a recomendação é ficar atento ao perfil do passageiro sempre que receber uma chamada. O cuidado deve ser maior se o cliente pedir a corrida com pagamento em dinheiro e tiver menos de 5 viagens e nota 5 estrelas. Se identificar essa situação, ligue para o passageiro e faça perguntas sobre o local de embarque e o destino. Grande parte dos assaltos a motoristas acontecem em circunstâncias desse tipo.
     
  • Trabalhe em regiões que você já conhece: essa recomendação é especialmente valiosa para quem está começando nessa carreira. A dica é: escolha trabalhar em locais que você domina e conhece bem. Não há necessidade de se aventurar em regiões que você não conhece. Se estiver na dúvida sobre aceitar ou não uma corrida, acesse o StopClub e compartilhe as informações da viagem com os outros usuários do app, por meio das salas de áudio. A ferramenta é utilizada para o monitoramento dos colegas de trabalho e para a troca de experiências dentro da comunidade.
     
  • Atenção ao local de embarque do passageiro: viagens seguras geralmente começam em endereços residenciais. Evite embarcar passageiros em locais genéricos como pontos de ônibus e em frente a shoppings centers, especialmente à noite. O StopClub também permite o compartilhamento de localização em tempo real e a comunicação instantânea via Walkie-Talkie com outros motoristas que podem auxiliar com informações e até monitorar sua viagem. Motoristas conectados trabalham melhor.
     
  • Não reaja a assaltos: se mesmo assim você passar por esta situação, faça o que lhe for pedido e sempre informe sobre seus movimentos. Caso desconfie do passageiro, o motorista pode ativar a câmera secreta, também disponível no app do StopClub antes mesmo do embarque. O comando ativa a câmera frontal do aparelho celular a qualquer momento e grava tudo que acontece no carro mesmo com a tela desligada/bloqueada. Essa funcionalidade também é muito importante para fazer contraprova do que ocorrer dentro do carro, dando resguardo jurídico aos motoristas evitando de ficar sua palavra contra a do passageiro.