‘Na guerra da Rússia contra a Ucrânia são os pobres que morrem’, diz presidente do Sindicato dos Metalúrgicos

Foto: Hoje TV

“Na guerra da Rússia contra a Ucrânia são os pobres que morrem. Os milionários não ficam na linha de fogo, eles fogem com tempo hábil e têm seus esconderijos”, afirmou Josinaldo José de Barros, Cabeça, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos, durante entrevista concedida ao jornalista Maurício Siqueira no HOJE TV desta quinta-feira (3).

De acordo com Cabeça, esse assunto é fundamental e primordial pois em qualquer crise, seja ela uma guerra ou não, quem mais sofre são os pobres. “São eles quem realmente pagam a conta com a vida, com as cargas tributárias, com os baixos salários, pagam com tudo. Na pandemia, quem mais paga? Os pobres. Morreram os que dependem do Sistema Único de Saúde (SUS), que enfrentam as filas dos hospitais lotados. Se não fosse o SUS, mais milhões de pessoas tinham morrido nesse país, ou seja, em qualquer crise o pobre paga a conta”, afirmou ele.

O presidente disse que a guerra é o lugar onde jovens que não se conhecem, que não se odeiam, mas se matam para defender os interesses dos velhos que se conhecer, se odeiam e não se matam. “Nós sabemos que com essa guerra a situação, não só no Brasil, mas no mundo vai piorar. Já estava faltando, no setor metalúrgico por exemplo, componentes eletrônicos vindos da China e da Índia, pois começa a guerra do boicote de um produto contra o outro, de um país contra o outro, o boicote agora é contra a Rússia e isso vai dificultar a economia do mundo inteiro”, explicou o presidente.

Segundo Cabeça, se não voltarem a dar atenção para a pandemia, mais pessoas estarão morrendo todos os dias. “A covid acabou porque agora a imprensa só mostra a guerra. Precisamos vacinar as crianças, temos que estar atentos, não podemos vacilar e achar que a pandemia acabou. Sei que o sofrimento da população é muito grande, principalmente em áreas de conflitos de guerra, mas precisamos ter algo que nos acalme, nos acalante. Infelizmente os homens estão matando por ganância e sabemos disso, eu acho que isso é um início de uma terceira guerra”, finalizou.

O programa vai ao ar de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 9h, e pode ser acessado no Facebook (guarulhoshoje), YouTube (HOJE TV) ou pelo site www.guarulhoshoje.com.br.

- PUBLICIDADE -