Coluna 35

A casa do Pombo

Entre a compra e a efetiva ocupação pela Câmara Municipal, o prédio da antiga Tapetes Lourdes ficou abandonado por cerca de 8 anos, tempo suficiente para ser “depenado” por vândalos e ocupado por pombos. Hoje, com a sede em pleno funcionamento, as aves se tornaram um problemão. Miguel Martello contratou empresa para resolver a questão, mas o vereador Geleia Protetor entrou em rota de colisão com o presidente por conta de ter encontrado alguns pombos mortos. Geleia já tem Ação Popular protocolada e aguarda laudo de causa mortis das aves para novas demandas no Judiciário. A coisa vai longe e deve abrir todas as sessões. Enquanto isso, suspensos os trabalhos da empresa, a saúde dos funcionários da Casa de Leis fica por conta da sorte.

O giro das eleições

A saída de Thiago Surfista (PSD) da Secretaria de Meio Ambiente, para concorrer ao cargo de deputado federal, gerou efeito cascata. Em seu lugar assume Adbo Mazloum, que ocupava a Secretaria de Direitos Humanos e Dr. Alexandre Dentista, vereador suplente, devolve o cargo ao titular (Surfista) para ocupara a vaga deixada por Mazloum. No giro, a tensão surgiu por conta do grupo da família Soltur (Eduardo e Karina) ter tentado ocupar a secretaria deixada por Surfista, o que não aconteceu.

Sonic

O prefeito Guti relembrou, nesta quarta-feira, os tempos do saudoso Paschoal Thomeu. Guti foi rápido na inauguração das novas instalações do CEMEG (Centro de Especialidades Médicas), na Avenida Salgado Filho. Enquanto todos chegaram no horário oficialmente marcado, 9h00, ele já havia passado por lá às 7h30 para oficializar a abertura do evento. Vereadores, secretários e demais convidados tomaram o café da manhã sem a presença do prefeito, que já estaria em outro compromisso.

Buracos

O gerente da Sabesp em Guarulhos, Valdemir Freitas, em entrevista ao programa HOJE TV. Revelou números impressionantes da ação da empresa na cidade. Nos três anos de atuação, já foram substituídos cerca de 150 Km de tubulação de água e outros 200 Km de rede de esgoto. Valdemir disse que a Sabesp é responsável por tapar cerca de 100 buracos por dia e é claro, muitos acabam tendo que ser refeitos pelo solapamento do novo asfalto. Reclamações podem ser feitas pelo site ou canais informados no verso das contas de água.

- PUBLICIDADE -