Nova fase de operação integrada prende 11 pessoas por crimes patrimoniais e tráfico

Fotos: Divulgação/PMG

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarulhos e as polícias Militar e Civil desenvolveram novas ações integradas de combate aos crimes patrimoniais na cidade durante a tarde desta quarta-feira (13). Como resultado da operação, 11 indivíduos foram presos pelos crimes de tráfico de entorpecentes, roubo, furto e receptação. Além disso, outras cinco pessoas procuradas pela Justiça foram encaminhadas a delegacias e um mandado de busca foi realizado.

Com 65 agentes mobilizados, as forças policiais atuaram estrategicamente nas avenidas Paulo Faccini, Brigadeiro Faria Lima, Otávio Braga de Mesquita, Guarulhos, Pedro de Souza Lopes, Papa João Paulo I e Santos Dumont, além da estrada do Sacramento e do bairro Jardim Fortaleza.

O secretário para Assuntos de Segurança Pública de Guarulhos, Márcio Pontes, enalteceu os resultados rápidos da integração. “Essa operação em conjunto foi deflagrada no dia 25 de março e as equipes já fizeram 33 prisões em flagrante, um número muito bom graças à dedicação dos agentes”, comentou.

No total a fiscalização averiguou a documentação de 298 pessoas, vistoriou 198 veículos e 60 celulares, elaborou 50 autos de infração de trânsito e recolheu nove veículos para o pátio.

Para o comandante da Polícia Militar, Edmilson Colonello, o sucesso dos trabalhos é fruto da integração entre as forças policiais. “Unimo-nos com o objetivo de atender com maior eficácia as demandas da população. Por meio dessa parceria alcançamos os propósitos pré-determinados e oferecemos sempre um serviço eficiente e confiável para a sociedade”, enalteceu.

- PUBLICIDADE -