Operação Sufoco completa uma semana com a detenção de quase 800 pessoas e apreensão de armas turcas

Foto: Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria

A Operação Sufoco completou uma semana nesta terça-feira (10) somando quase 800 detenções, apreensão de mais de seis toneladas de drogas e vistoria em mais de 45,6 mil veículos. O sétimo dia da ação também foi marcado por um importante flagrante no bairro Socorro, na zona sul da Capital, onde um carregamento com cinco armas de fogo de fabricação turca foi interceptado, impedindo que chegasse nas mãos de criminosos no estado da Bahia. Além dessa ocorrência, a nova megaoperação do atual Governo foi responsável pela apreensão de drogas, máquinas de vídeo-bingo, produtos piratas e peças veiculares, bem como frustrou um roubo no litoral paulista e recuperou um celular e uma caminhonete em ações no interior e centro de São Paulo. 
O armamento turco foi apreendido por integrantes da 4ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra o Patrimônio (Disccpat), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), durante apurações envolvendo criminosos que praticam roubos e furtos a residências. Por meio dessa atividade, os agentes descobriram que um fornecedor de armas para a quadrilha paulista também iria fornecer o armamento para criminosos em outros estados. O carregamento, composto por cinco pistolas nove milímetros acompanhadas de dois carregadores cada, além de dez carregadores artesanais com capacidade para 30 munições, foi localizado em uma transportadora, embalado em meio a roupas, e tinha como destino a cidade de Feira de Santana (BA).
Ontem, em outra ação do Deic, desta vez coordenada pela 4ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Furtos, Roubos e Receptações de Veículos e Cargas (Divecar), foram apreendidas 68 peças de motocicletas entre carenagens, lanterna, rodas, escapamentos, radiador, para-lamas, farol, amortecedores, painéis, discos de freio, canela e pneus,  sem comprovação de origem e os selos de rastreabilidade do Detran.SP. O flagrante ocorreu em uma loja na Avenida Cabo Adão Pereira, em Pirituba, na zona norte de São Paulo, e resultou na prisão de um homem pelo crime contra as relações de consumo.
A 3ª Delegacia da Divecar, por sua vez, foi responsável por três flagrantes de receptação qualificada. Uma delas aconteceu nesta terça-feira (10), na Rua José Antônio dos Santos, no Jardim Boa Vista, na zona oeste de São Paulo. Na ação, foram localizados e recolhidos dois blocos de motores automotivos com a numeração suprimida e uma motocicleta com a numeração do chassi adulterada, em um estabelecimento de moto peças. O proprietário do local foi preso em flagrante.
No último dia 9, a mesma unidade especializada prendeu outro homem em flagrante, em um comércio na Avenida Marechal Tito, no Itaim Paulista, na zona leste paulistana. Na ocasião, foram apreendidos uma caixa de câmbio e um bloco de moto sem as devidas placas de identificação. A terceira detenção ocorreu na mesma data, em uma loja na Avenida Salgado Filho, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Neste caso, um homem foi preso após a localização e apreensão de um tanque de combustível que ostentava uma placa de identificação que remetia a um veículo com queixa de furto.
Jogos de azar e pirataria
No contexto da operação Sufoco também foram deflagradas ações para combater os jogos de azar e a pirataria.
Ontem, uma equipe da 2ª Delegacia da Divisão de Investigações Gerais (DIG), do Deic, apreendeu 37 máquinas de vídeo-bingo e deteve dois autores, em um imóvel na Rua Galvão Bueno, no bairro Liberdade, no centro da Capital. Um dia antes, outros 26 equipamentos iguais foram recolhidos em um estabelecimento na Avenida Valdemar Carlos Pereira, na Vila Matilde, na zona leste de São Paulo. Nesta última ação, um autor foi detido. As duas ocorrências foram registradas por meio de um Termo Circunstanciado de jogos de azar.
Para combater a falsificação de produtos, os trabalhos foram coordenados por uma equipe da 1ª DIG, do Deic. Nesta terça-feira (10), os agentes apreenderam cerca de 77,4 mil mercadorias piratas entre chaveiros, bolsas, adesivos e brinquedos, em um depósito na Avenida Senador Queiróz, no centro da capital paulista. O flagrante resultou em quatro indiciamentos.
Roubos e furto
No sétimo dia da Operação Sufoco, integrantes do 29º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I) conseguiram prender um assaltante que invadiu uma loja na cidade de Mongaguá, no litoral sul de São Paulo. A ação rápida dos agentes impediu que o crime fosse consumado e resultou na apreensão de uma pistola calibre 380 que era usada pelo autor.
Ainda nesta terça-feira (10), uma ação da Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicletas (Rocam), na Avenida Paulista, na Capital, culminou na detenção de um adolescente que tinha acabado de roubar um celular. O aparelho foi recuperado e devolvido à vítima. Em outra ocorrência, na segunda-feira (9), no município de Nova Odessa, no interior paulista, uma caminhonete produto de furto foi recuperada por uma equipe do 10º Batalhão de Ações Especiais de Polícia (Baep). Neste último caso, um homem, de 20 anos, foi preso. Também foram apreendidos um revólver calibre 38 e R$ 10 mil em espécie.
Tráfico de drogas
A operação Sufoco também permitiu apreender grande quantidade de drogas ontem (10). Em Araçatuba, uma equipe do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), do 2º Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), prendeu dois passageiros de um ônibus que transportavam sete tabletes de maconha, que somaram 8,7 quilos.
Na Grande São Paulo, integrantes do 14º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) prenderam dois criminosos e apreenderam mais de duas mil porções de drogas, sendo 365 de maconha, 1.040 de crack e 617 de cocaína. A ocorrência foi apresentada no 1º Distrito Policial de Carapicuíba.
Prisões e apreensões
A Operação Sufoco já soma 793 pessoas detidas, sendo 45 adolescentes e 227 procurados pela Justiça, e um total de 45,6 mil veículos vistoriados, dos quais cerca de 15,1 mil são motocicletas. Além disso, foram abordadas 206 bicicletas, apreendidos aproximadamente 1,3 mil automóveis e motos e localizados 120 veículos roubados e/ou furtados. 
Até o momento, 6,4 toneladas de drogas e 53 armas de fogo foram apreendidas, bem como foram recolhidos simulacros, cartões bancários, máquinas de cartão, celulares e carcaças de celulares, veículos de alto valor, itens de informática, alta quantia em dinheiro nacional e estrangeiro, entre outros objetos.
Operação Sufoco
A Operação “Sufoco” foi iniciada no último dia 4 para combater a criminalidade, em especial crimes patrimoniais, com destaque para os delitos cometidos por falsos entregadores de delivery, na cidade de São Paulo, se estendendo para a região metropolitana e interior. A ação começou no mesmo dia em que foi anunciado um aumento na quantidade de policiais nas ruas da Capital, dobrando o efetivo operacional por meio de atividades extras.
Participam da operação policiais civis e militares, bem como guardas civis metropolitanos, sem data para término dos trabalhos.

- PUBLICIDADE -