O Dia Mundial do Meio Ambiente e as ações realizadas em Guarulhos

Foto: Divulgação

Em 5 de junho comemoramos o Dia Mundial do Meio Ambiente e, para celebrar a data, vamos refletir sobre as ações adotadas nos últimos anos pela Prefeitura de Guarulhos que impactam positivamente a vida da população de nossa cidade.

Desde o início da atual gestão, em 2017, a Secretaria de Meio Ambiente plantou 35.554 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica e realizou a poda preventiva de 17.207. Já as remoções, por doenças ou risco de queda, foram somente 2.619, portanto, o plantio de árvores na cidade superou a remoção em quase 14 vezes.

Para avançar ainda mais nessa área, por meio de um convênio com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado (IPT) foi adquirido o Arbio, aplicativo para gestão da arborização urbana que vai mapear todo o patrimônio arbóreo da cidade.

Com o Arbio será possível planejar podas e plantios, além de fazer uma análise de risco de quedas de árvores, evitando, assim, possíveis danos à vida e ao patrimônio. O sistema possibilita que os técnicos façam os apontamentos por celular ou tablet, anexando o registro fotográfico e a localização via satélite de todas as árvores da cidade.

A arborização urbana é fundamental para o bem-estar, tanto dos moradores da cidade quanto daqueles que por aqui estão só de passagem, pois melhora a qualidade do ar, reduz a poluição sonora, contribui com a diminuição da temperatura ambiente e dos alagamentos tão comuns nas grandes cidades.

No que diz respeito ao zelo com nossas florestas, o Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental (APA) Cabuçu / Tanque Grande está desenvolvendo um projeto de educação ambiental para a área, cuja primeira etapa vai informar à população, principalmente aos que moram na região, o que é uma APA e qual a importância dela para a cidade. Posteriormente serão realizadas ações de recomposição florestal, eventos ecológicos e implantação do ecoturismo, ações que, além de proteger o território da APA, podem gerar renda.

Para enfrentar as mudanças climáticas, em abril de 2021 Guarulhos assinou o termo de adesão ao Projeto dos Municípios Paulistas Resilientes, criado para facilitar a identificação das vulnerabilidades relacionadas às mudanças do clima e, por meio de cooperações técnicas entre os municípios convidados e o Estado, planejar ações necessárias para enfrentar essas mudanças.

Vale salientar que Guarulhos foi um dos 13 municípios convidados para participar do projeto devido à importância econômica da cidade e por sua capacidade de combater os efeitos das mudanças climáticas por meio da identificação de riscos e de ações diversas.

Apresentado em maio, o plano desenvolvido por um grupo de trabalho formado por representantes de diversos segmentos da sociedade apresenta ações prioritárias a serem implementadas e algumas já em andamento, como a melhoria da infraestrutura verde e a diminuição dos efeitos das ondas de calor, ambas obtidas com o plantio de árvores e a gestão da arborização urbana.

Para comemorar os 50 anos do Bosque Maia em dezembro próximo, o maior parque urbano da cidade vai passar a produzir sua própria energia por meio da estação de captação de energia solar, já em fase de conclusão. Com isso, o parque será 100% independente em relação à produção de energia elétrica para abastecer seus próprios equipamentos e ainda para dispor o excedente à rede da concessionária que atende o município.

As ações que estão sendo implantadas pela Secretaria de Meio Ambiente sempre acontecem em parceria com as demais secretarias da Prefeitura, haja vista que o cuidado para com o ambiente em que vivemos é responsabilidade de toda a sociedade.

Participe dessa causa, que, além de nobre, é extremamente necessária a todos. Pequenas mudanças de hábito no nosso dia a dia podem melhorar a nossa vida e a das gerações futuras.

- PUBLICIDADE -