EDP atendeu mais de mil ocorrências nos primeiros seis meses do ano em Guarulhos

De janeiro a junho deste ano a EDP, distribuidora de energia elétrica de Guarulhos, registrou 1.029 ocorrências com pipas na rede elétrica, afetando aproximadamente 100 mil clientes. No mesmo período do ano passado foram 1.198 registros no município.  Apesar da redução, a EDP intensifica suas ações de conscientização por causa das férias, período de maior incidência das ocorrências.  

As pipas, quando enroscam na rede de energia elétrica, podem causar acidentes graves e interromper o fornecimento de energia para muita gente. 

As linhas de pipas – com ou sem cerol ou produtos cortantes –  causam desligamentos ao romper os cabos de energia e também podem provocar curtos-circuitos, ao ficarem presas na fiação.  “Além do prejuízo ao fornecimento de energia, um curto-circuito na rede elétrica provocado pelas pipas é um risco grande às pessoas pois pode resultar em queimaduras, amputação de membros ou até a morte. Ninguém nunca deve intervir na rede elétrica para puxar uma pipa enroscada. A EDP deve ser acionada imediatamente”, ressalta o gestor executivo Roberto de Miranda. O ideal é que a brincadeira seja sempre feita de forma segura, distante da rede de energia elétrica. Espaços abertos como parques e campos são os mais adequados para a prática da atividade com segurança.  

Quando ocorrem as interrupções de energia, o problema é detectado imediatamente pelo Centro Integrado de Operações para que seja restabelecido o quanto antes. “Trabalhamos de maneira intensa para restabelecer o fornecimento o mais rápido possível, porém, nossa grande preocupação é com a vida e com a segurança de quem participa das atividades com pipas”, explica Miranda. 

Neste mês de julho a EDP reforça a conscientização com ações diretas com a comunidade. Para conscientizar a população e orientar crianças e adultos sobre como reduzir os riscos na hora de brincar, a companhia realiza projetos com as comunidades dos municípios onde a concessionária atua. Mais informações sobre segurança com energia elétrica podem ser 

acessadas no site www.edp.com.br/seguranca

Dicas de segurança para soltar pipas

Busque espaços abertos como parques e campos, onde não exista o risco de contato com fios de energia. Empine pipas longe de rede elétrica, em locais onde não exista nenhum tipo de cabo de energia, de serviço telefônico ou antenas de celular. Isso evita acidentes e interferências na qualidade desses serviços; 

Se a pipa ficar presa nos fios elétricos, não tente retirá-la. Nunca use varas nem suba em postes, muros ou lajes para tirar uma pipa. O choque, nestes casos, pode ser fatal. Somente técnicos da distribuidora são treinados para manusear a rede com toda segurança. 

Arremessar objetos na rede elétrica para o resgate da pipa pode causar graves acidentes. O “lança-gato” (pedra presa a uma linha), ou qualquer outro objeto, não devem ser lançados na rede; 

Jamais use cerol ou a chamada “linha chilena”. Esses produtos são proibidos e podem também provocar acidentes graves e mortes.  Ao cortar a camada protetora da fiação a linha interrompe a transferência de corrente elétrica, podendo provocar curto-circuito; 

Em caso de acidentes relacionados ao sistema de energia não se aproxime do local. Fale imediatamente com a EDP pelos canais:  

· Aplicativo EDP Online (compatível com tablets e smartphones) 

· WhatsApp (11) 93465-2888 

· Central de Atendimento: 0800 721 0123 

Todos os canais de relacionamento são gratuitos e funcionam 24 horas 

- PUBLICIDADE -