Quarto genderless facilita a decoração e futuras transformações

Divulgação/Lilibee

Por muito tempo, o sexo do bebê foi um fator determinante para a escolha da decoração do quarto infantil. Espaços com cores e temas específicos eram grandes tendências e, por esse motivo, muitas crianças cresceram em quartos predominantemente rosas ou azuis, com princesas e super-heróis espalhados na decoração. 

No entanto, um novo conceito vem ganhando um lugar especial no coração de muitos pais que buscam por neutralidade e versatilidade no cômodo infantil. O chamado quarto genderless vai na contramão do antigo costume de decorar o ambiente pensando no sexo do bebê e nos aspectos que costumam ser atribuídos a meninas e meninos. 

Nesse estilo de decoração os pais utilizam tons neutros que podem ser utilizadas para redecorar o espaço conforme a criança for crescendo. Dessa forma, elementos como o tapete infantil, berço, roupa de cama e itens decorativos entram numa paleta de cores sóbria que pode ser composta por variações de bege, marrom, cinza e branco. 

O que é quarto genderless? 

Ideias e debates que acontecem na vida cotidiana também influenciam a decoração. Nos últimos anos, muito tem se falado sobre as definições de coisas de menina e menino, apontando que divisões marcadas entre gêneros não são mais a bola da vez. Sob influência dessa pauta, a decoração genderless surgiu.

O termo em tradução livre significa sem gênero, e traz como foco ambientes em tons neutros como branco, cinza e tons terrosos. Cabe ressaltar que para fazer esse tipo de decoração não é preciso renunciar a todas as cores. Nos quartos infantis, por exemplo, elas podem entrar em cena, mas não como protagonistas ou fazendo referência aos gêneros. 

Dessa forma, os ambientes com predominância de tons rosas e azuis não são mais o foco nessa tendência. Para pôr o estilo genderless em prática, basta escolher uma cartela de cores neutras e utilizá-las nos móveis, acessórios, papel de parede para quarto de criança e objetos decorativos, montando um espaço que fuja do óbvio. 

Os temas infantis também podem acompanhar essas tonalidades. Normalmente, eles trazem desenhos de animais, nuvens ou elementos naturais para dar o toque lúdico ao espaço. Além disso, também é possível apostar em formas e padrões geométricos.

Conheça as vantagens da nova tendência

Muitos pais das novas gerações buscam ensinar para as crianças sobre cores, formatos, temas e padrões livres de esteriótipos. A decoração de quarto genderless vem para introduzir essa ideia e traz ainda uma série de vantagens do ponto de vista prático e econômico. 

Além de tornar um ambiente “sem gênero”, essa decoração também oferece versatilidade para decorar, economia ao contemplar estilo para duas crianças e sofisticação ao ambiente. 

Neutralidade favorece meninos e meninas 

A questão da não definição de gênero é a vantagem mais perceptível nesse tipo de decoração. O uso de cores e temáticas neutras traz ao quarto uma estética que pode servir tanto para bebês meninas quanto meninos. 

Além disso, devido à neutralidade, o quarto genderless é um dos mais adequados para os pais que não querem saber do sexo do bebê antes do nascimento, pois podem investir em uma decoração que se adeque a todas as possibilidades. 

Versatilidade para redecorar 

Em uma decoração de quarto de bebê, normalmente os elementos utilizados para compor o ambiente são de temas infantis e de cores marcantes que dificilmente podem ser utilizados depois. No genderless, os pais encontram mais praticidade e versatilidade para decorar e redecorar. 

Devido às cores neutras, mobília, tapetes, roupas de cama e outros elementos decorativos podem ser usados posteriormente para compor decorações em outros espaços da casa, significando até economia para os pais. 

Além disso, o emprego das cores também torna mais fácil a redecoração do espaço com base no crescimento da criança. Caso ela deseje, no futuro, aplicar mais tons vibrantes ao ambiente, os pais podem utilizar os elementos neutros como base e adicionar novos objetos para alterar o estilo do cômodo. 

Boa opção para quartos de crianças em idades diferentes 

Outro aspecto de destaque nesse tipo de quarto é a possibilidade de contemplar diferentes gêneros e idades. Uma decoração neutra pode ser utilizada para compor o cômodo de irmãos de idades distintas que dividem o mesmo ambiente. Optar por esse estilo de design permite mais praticidade e economia de espaço para famílias maiores. 

Sofisticação no ambiente infantil 

O uso de tons neutros pode trazer ao ambiente das crianças mais sofisticação. Apostar em uma paleta de cores básicas traz elegância sem abdicar do lúdico que todo quarto de bebê precisa ter. 

O truque para unir esses dois aspectos é pensar em temáticas infantis que possam ser aplicadas com essas cores. Um quarto com elementos de safári, por exemplo, favorece tons terrosos, do bege ao marrom, e pode trazer imagens lúdicas e sofisticadas de animais que as crianças amam.

- PUBLICIDADE -