Seja como um hobby ou uma fonte de renda, artesanato se consolida em Guarulhos

Freepik

O Brasil apresenta uma crescente demanda pelo consumo de produtos feitos à mão. Seja como um hobby ou uma fonte de renda, o artesanato vem se consolidando no país com uma variedade de artigos para decoração das casas, no universo da moda, acessórios e até mesmo produtos para decoração de festas.

A alta procura se deve também pela diversidade de estilos e técnicas que utilizam e misturam inúmeros tipos de materiais como madeira, metal, cerâmica, tecido, pedra, argila, vidro e plástico. Um dos encantos das técnicas é, inclusive, proporcionar a criação de peças únicas como objetos de decoração, podendo chegar até mesmo a verdadeiras obras de arte.

Em Guarulhos, diversos artesãos se aprimoram e oferecem uma infinidade de produtos que atendem a todos os gostos, levando beleza e qualidade com um toque de originalidade. Na cidade é possível encontrar desde produtos prontos até lojas que comercializam os itens necessários para quem deseja iniciar no mundo dos artesãos.

Os itens produzidos pelos artesãos oferecem versatilidade, sendo possível o uso em casa, mas também outras utilidades. É o caso dos chinelos personalizados que podem ser usados em casa, para passear e também são uma opção de lembrancinhas para casamentos ou outras festividades – isso porquê o calçado acaba proporcionando conforto a todos na hora da festa, principalmente as convidadas que não veem a hora de tirar o salto para dançar à vontade.

Dados da Subsecretaria do Trabalho Artesanal nas Comunidades, vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, contabilizam 700 artesãos em todo o estado, sendo que 80% ganham em média um salário mínimo. Quanto ao perfil, 80% são mulheres, sendo 60% brancas, 60% casadas, 35% com ensino médio, 75% morador de zona urbana e 55% têm no artesanato uma renda complementar.

- PUBLICIDADE -