Homem é preso durante operação da Polícia Civil no Picanço

Divulgação

Policiais civis da 1ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra a Administração (Dicca), do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania, prenderam em flagrante um homem de 31 anos e apreenderam mais de R$ 300 mil reais na segunda fase da Operação Fractal, que investiga crimes de lavagem de dinheiro. A ação foi realizada nesta quarta-feira (2) na capital paulista e em Guarulhos, na Grande São Paulo.

O objetivo da operação é desarticular a atuação de operadores financeiros envolvidos em um esquema de remessas de dinheiro ilícito enviadas para o exterior. Com base em investigações e com informações obtidas na primeira fase da operação, ocorrida em outubro do ano passado, foram expedidos sete mandados de busca e apreensão, em seis endereços, nos bairros da Mooca, Campo Belo e Brás, além da cidade de Guarulhos.

Em um dos locais, no bairro Picanço, em Guarulhos, um homem de 31 anos foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Na sua residência, foram encontrados R$ 16 mil em espécie e 18 cartões bancários. Uma mulher de 28 anos que também estava no local está sendo investigada.

Além dela, mais quatro pessoas estão sendo investigadas pelo crime de lavagem de dinheiro. Em um outro imóvel, no bairro da Mooca, dois homens de origem estrangeira, de 42 e 54 anos, estavam em posse de 1,4 mil euros e 21 mil dólares. Além disso, foram localizados no endereço 36 caixas de cartucho, 4 caixas de projéteis e 3 carregadores de munição.

Um outro homem, de 47 anos, tinha em dois endereços, situados no Brás e em Guarulhos, mais de R$ 299 mil em espécie, além de 12,2 mil euros e 19,9 mil dólares. Ainda foram apreendidos, nas casas dos investigados, dinheiro em espécie, notebooks, celulares, pen-drives, CPUs, máquinas de cartão e documentos, que auxiliarão no prosseguimento na apuração.

Os casos foram registrados como cumprimento de mandado de busca e apreensão e posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito na 1ª Delegacia de Polícia da Dicca.

- PUBLICIDADE -