Ecopistas registra zero mortes no Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto em julho

Foto: Ivanildo Porto

O Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, administrado pela concessionária Ecopistas, fechou o mês de julho sem qualquer registro de mortes nos trechos que ligam a Região Metropolitana de São Paulo ao Vale do Paraíba, à região serrana de Campos do Jordão e às praias do Litoral Norte. É a primeira vez que a marca é alcançada desde o início de 2022. Também houve queda no número de acidentes fatais nos primeiros sete meses do ano, em comparação com o mesmo período do ano passado.

De janeiro a julho de 2022, foram registradas 25 vítimas fatais nas rodovias sob concessão, contra 21 em 2023. O resultado vai ao encontro da política de redução e prevenção de acidentes adotada pela concessionária, que desenvolve campanhas frequentes com o objetivo de conscientizar usuários sobre cuidados no trânsito, fornecendo dicas e informações úteis.

“O fato de não termos registrado mortes em julho indica que estamos no caminho certo, com investimentos em tecnologia, infraestrutura, fiscalização e informação ao usuário. Um resultado que nos impulsiona e motiva a reforçar cada vez mais nossa filosofia de prevenção e redução de acidentes”, afirma Fernando Ferreira, gerente de Operações Rodoviárias em Ecovias e Ecopistas.

As ações realizadas fora das estradas incluem posts orgânicos e impulsionados nas redes sociais do grupo, parceria com influenciadores digitais para ajudar a ampliar as mensagens e spots em rádios do país.

Já nas rodovias, por meio do Programa de Redução de Acidentes (PRA), a concessionária estuda as ocorrências e realiza ações durante todo o ano, em diferentes trechos, com foco na segurança viária e direcionadas a usuários específicos.

Em julho, no Corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto, a Ecopistas promoveu a ação Pit Stop Motociclista, quando foram distribuídos panfletos sobre segurança viária e 267 motociclistas receberam, gratuitamente, antenas corta-linha de pipa. No mesmo mês, os caminhoneiros também foram alvo das orientações, com estrutura similar e 29 profissionais passaram por testes de glicemia e de pressão arterial, além de receber orientações de segurança viária. Outras ações no período ainda incluíram pedestres e ciclistas, com a entrega de 120 coletes reflexivos.

Ao longo de todo o ano, a concessionária realiza diversas ações de prevenção de acidentes e em período específicos, essas ações são intensificas. Durante a campanha do Maio Amarelo deste ano, por exemplo, quase 4 mil pessoas participaram das ações promovidas pelo Programa de Redução de Acidentes da concessionária, com orientação de segurança viária por meio de panfletos informativos, além da distribuição de 60 fitas refletivas e 660 antenas corta-linha de pipa.

- PUBLICIDADE -