Guarulhos tem atuação contínua na prevenção de desastres naturais

No próximo dia 13 de outubro (sexta-feira) é celebrado o Dia Internacional da Redução de Desastres e a Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Guarulhos tem um papel fundamental nessa questão. Ela mantém atividade constante em todas as regiões da cidade no sentido de prevenir desastres causados por fenômenos naturais, tais como deslizamentos e enchentes. O trabalho preventivo consiste no monitoramento por técnicos de áreas sujeitas a eventos imprevisíveis, na orientação aos moradores e, nos casos de risco constatado, na desocupação e interdição do local.

Ferramenta fundamental desse esforço é o Plano Preventivo de Proteção e Defesa Civil, que tem como finalidade dotar as equipes técnicas municipais de instrumentos de ação em situações de risco iminente nas áreas de maior vulnerabilidade, além de reduzir a possibilidade de perda de vidas humanas e materiais decorrentes de desastres naturais ou tecnológicos. O plano elenca uma série de ações preventivas e corretivas a serem tomadas na cidade, bem como contém um levantamento técnico da geologia da cidade que permite definir quais áreas são mais sujeitas a desastres e portanto requerem maiores cuidados.

De acordo com o órgão, o papel da população na prevenção também é fundamental, uma vez que fatores humanos podem estar diretamente ligados à ocorrência e ao agravamento das catástrofes. O desmatamento, por exemplo, aumenta o risco de deslizamentos, enquanto que o acúmulo de lixo ou entulho eleva muito o risco de enchentes devido à redução da capacidade de escoamento das calhas naturais dos leitos de rios e córregos.

ONU e o Dia Internacional da Redução de Desastres

O Dia Internacional da Redução de Desastres foi instituído em 1989 atendendo a um apelo da Assembleia-Geral das Nações Unidas por um dia destinado a promover a cultura global de sensibilização para os riscos e para a redução de danos causados por desastres naturais. Definida a data de 13 de outubro, o dia celebra a forma como as pessoas e as comunidades de todo o mundo buscam reduzir a sua exposição a catástrofes.

Campanha ONU 2023 – Lutar contra a desigualdade para um futuro resiliente

Neste ano o Dia Internacional da Redução de Desastres aborda a relação entre as catástrofes e a desigualdade, duas faces da mesma moeda. Cada adversidade reforça a outra: o acesso desigual aos serviços deixa os mais vulneráveis expostos ao perigo das catástrofes, enquanto que os efeitos das catástrofes exacerbam as desigualdades e empurram os mais ameaçados para uma situação de maior pobreza.

- PUBLICIDADE -