Ação da Polícia Civil com apoio da EDP flagra furto de energia elétrica em sorveteria no Taboão

Divulgação

 Policiais civis e técnicos da EDP, distribuidora de energia de Guarulhos, realizaram, na manhã desta terça-feira (5), inspeção em uma sorveteria, localizada no Jardim Nova Taboão, em razão de indício de fraude para furto de energia. 

A operação contou com a participação de técnicos da EDP e o apoio de uma equipe da 3ª Delegacia de Polícia de Investigações Sobre Crimes Patrimoniais Contra Órgãos e Serviços Públicos, e posterior perícia por parte da Polícia Científica.

Os peritos encontraram no local alterações nos medidores de energia, caracterizando furto. A estimativa é de que o estabelecimento, que já apresentava um histórico criminal e indícios de consumo irregular, tenha desviado mais de R$ 20 mil. Durante a perícia, foi encontrado medidor de energia com a bateria desconectada e sem o lacre de segurança.

Autuado em flagrante, o proprietário do estabelecimento foi encaminhado para a delegacia e vai responder pelo crime de furto de energia, previsto no Artigo 155 do Código Penal Brasileiro: “Subtrair, para si ou para outrem, coisa alheia móvel: pena de reclusão, de 1 (um) a 4 (quatro) anos, e multa”. Além do processo criminal, o proprietário irá arcar, conforme a regra da Resolução ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, com a cobrança de toda energia não faturada durante o período da irregularidade e o custo administrativo.

O furto de energia elétrica traz prejuízos a todos. De acordo com as normas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a tarifa de energia abrange também as perdas elétricas e o custo da energia usada irregularmente pelas pessoas que cometem esse crime é parcialmente repassado a todos os usuários da rede.

Além de ser uma prática perigosa, as fraudes podem provocar sobrecarga na rede elétrica, com prejuízo para a população que sofre com a falta do fornecimento em suas residências e ruas ou, por exemplo, com danos aos equipamentos elétricos e ainda devido à queda na qualidade da energia.

- PUBLICIDADE -