Minha casa minha vida retoma contratações após 5 anos

Reprodução

Após cinco anos, o governo federal retoma, nest quinta-feira (1), os contratos do programa social Minha Casa, Minha Vida (MCMV). O ministro das cidades, Jader Filho, e a Prefeitura de Jaguariúna (SP) vão assinar o primeiro documento que dará início às obras de 115 unidades habitacionais na cidade.

Tais contratos apenas serão feitos com famílias enquadradas na Faixa 1, ou seja, aquelas que têm renda mensal de até R$ 2.640.

A pasta informou que a meta para 2024 é firmar contratos com 187,5 mil casas, em 560 municípios. O governo tem disponível R$ 9,4 bilhões no Orçamento da União para concluir essas construções. A informação é do jornal O Globo.

O governo também estuda retomar obras que estão paralisadas desde a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff.

Minha casa, Minha vida

O programa de habitação social do governo federal foi reestruturado em 2023. Anteriormente, durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), ele recebeu nova roupagem e foi chamado de Programa Casa Verde e Amarela.

Apenas no ano passado, o programa de moradia beneficiou mais de 1,8 milhão de brasileiros.

Foram liberadas as chaves cerca de:

-21 mil unidades habitacionais da Faixa 1

-450 mil unidades de financiamento

- PUBLICIDADE -