Indicação de Jorge Wilson para sucessão na prefeitura comprometerá governo Guti


Vereadores da base aliada do governo municipal discursaram contra a possível indicação do prefeito Guti do nome para concorrer à sua sucessão em outubro. O posicionamento dos parlamentares aconteceu durante a sessão ordinária dessa segunda-feira, 5, na abertura do ano legislativo na Câmara Municipal de Guarulhos.

Logo na abertura dos trabalhos, o presidente Ticiano abriu apalavra para o prefeito, que visitou institucionalmente a Casa de Leis. “Desejo bom trabalho a todos os vereadores e vereadoras desta Casa em 2024”, afirmou.
Boa parte dos vereadores da base de sustentação do prefeito subiram à tribuna para rechaçar a suposta indicação do deputado estadual Jorge Wilson. O HOJE ouviu outros vereadores da situação que acreditam que, se a indicação for confirmada, poderá comprometer a governabilidade de Guti na Câmara.

O prefeito deu pistas de que Jorge Wilson teria seu apoio para concorrer à Prefeitura de Guarulhos em outubro. “Eu tenho a esperança de que um candidato seja o escolhido pela situação. Mas o Xerife não. Ele está fazendo um bom trabalho com o Tarcísio e precisa continuar lá”, afirmou o vereador Romildo Santos. “Goela abaixo não desce. Tenho certeza de que o prefeito Guti não aceitará isso”, completou.
“Meu candidato ninguém vai impor. Nem governador, nem presidente da República”, apontou o vereador Geleia Protetor. Para o vereador Welliton Bezerra, o prefeito precisa ter sabedoria na hora de escolher o prefeiturável a ser apoiado pela situação. “Eu apoiei o Tarcísio, mas eu tenho independência e não aceitarei, de forma alguma, um candidato imposto goela abaixo”, disse.

Discurso parecido fez o parlamentar Jorginho Mota. “Respeito o governador Tarcísio, mas nós não podemos nos curvar a nada que venha por meio de imposição”. “Nós, da base, temos que estar unidos por uma continuidade do trabalho. Mas não podemos aceitar nada goela abaixo. Precisamos participar das discussões a respeito do nome a ser escolhido pelo prefeito Guti”, discursou o vereador Thiago Surfista.
Segundo o presidente Ticiano, quem sabe da realidade de Guarulhos é quem mora e trabalha na cidade. “Qualquer que seja a escolha, ela precisa ser discutida
com quem representa o povo de Guarulhos”, ponderou. Até mesmo o vereador Edmilson Souza, da oposição ao governo municipal, desdenhou do nome supostamente indicado por Tarcísio. “O governador impôs o nome dele. Não tem projeto para a cidade. Ele sequer ganhou uma eleição para vereador. Tentou três vezes. Só se elegeu deputado porque colou em uma figura que tinha programa de TV. Se for para votar em apresentador vamos votar no Silvio Santos”.

O prefeito Guti terá, agora, que colocar na balança o peso dessa repercussão negativa perante o grupo de vereadores que foram determinantes para a sua reeleição e mantiveram a governabilidade de sua gestão, elegendo inclusive o presidente da Câmara,
antes de anunciar oficialmente quem terá o apoio da máquina nas eleições de outubro.

- PUBLICIDADE -