Corpo do menino Kauã é encontrado

O drama da família do garoto de apenas 1 ano e seis meses começou no dia 18 de julho, quando o menino brincava em frente a sua casa com a mãe, acabou desaparecendo após a mãe entrar na residência rapidamente para verificar a máquina de lavar, e quando retornou, o garoto não se encontrava mais em frente a residência.

Dias após o desaparecimento, algumas pessoas do bairro Jardim Soberana, local onde mora a família de Kauã, disseram que uma mulher chamava pela criança. A ocorrência foi registrada pelo 7º DP de Guarulhos, e até a Guarda Municipal através de cães farejadores chegou a procurar pelo menino.

Nesta sexta-feira, às 15h, moradores do Jardim Hanna, localizado na Estrada Velha de Bonsucesso, encontraram o corpo de uma criança próximo a um córrego, localizado em um matagal. Muitos comentários a respeito do garoto Kauã começaram, a mãe dele, Jakeline Jesus foi até o local para verificar, e acabou reconhecendo o corpo de seu filho, já em estado de decomposição no local.

O Jornal Diário de São Paulo entrevistou o delegado do 7º DP, João Araújo, que revelou ainda não ser possível fazer o retrato da mulher que levou a criança, já que um dos principais motivos é a pouca informação a respeito desta pessoa que teria levado Kauã.

Reportagem: Ulisses Carvalho