Prefeitura de Guarulhos deve realizar PPP para iluminação pública no ano que vem

A prefeitura deve realizar uma parceria Público-Privada (PPP) para a ampliação, modernização e manutenção da iluminação pública na cidade. Atualmente a empresa Fipe está realizando os estudos necessários para que o projeto seja objeto de licitação no ano que vem.

“A previsão é que em 2018 seja concluído o contrato, mas antes haverá uma audiência pública sobre o assunto que terá que ser aprovado pela Câmara Municipal”, explicou o secretário de Obras, Linaldo Koga, ontem durante audiência pública do projeto da Lei Orçamentária Anual – LOA 2018.

Segundo ele, um dos objetivos da PPP será a substituição de todas as lâmpadas convencionais por LED. Essa troca terá início no primeiro semestre de 2018 na avenida Paulo Faccini e no Bosque Maia. Ambos os casos estão fora da PPP. “Ainda não foi avaliado o custo para essas intervenções, dependerá do projeto para saber qual a quantidade de material necessário”, explicou Koga.

Guarulhos conta com um parque de 61.520 pontos de iluminação. A manutenção vem sendo feita pela empresa Terwan Soluções em Eletricidade Indústria e Comércio Ltda, que tem contrato com o município até julho do ano que vem.

De acordo com Koga, atualmente há 3.700 pedidos de manutenção, contando as solicitações realizadas pela população nas unidades do Fácil e também os ofícios da Câmara Municipal. Até outubro deste ano foram atendidas 1.347 solicitações por equipe própria (com funcionários do Departamento de Iluminação Pública da Secretaria de Obras) e 7.500 pela empresa Terwan, totalizando 8.847 solicitações de manutenção atendidas.

A estimativa de arrecadação da Contribuição para Custeio da Iluminação Pública (Cosip), de acordo com a previsão orçamentária da secretaria para o ano que vem, será de R$ 55 milhões, sendo que os gastos da pasta serão de R$ 52 milhões.

Reportagem: Rosana Ibanez

Foto: Kyamada