Após suspensão da terceirização, Instituto Gerir afirma que entrará com mandado de segurança

Após a suspensão do contrato de terceirização entre o Instituto Gerir e a prefeitura de Guarulhos, pelo juiz da 3° Vara do Trabalho, Renato Luiz de Paula Alves, o Gerir afirmou em nota que entrará com um mandado de segurança contra a decisão da liminar obtida pelo Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (Stap).

Confira a nota do Gerir:

“O Instituto Gerir entrará com um mandado de segurança e confia que a decisão judicial será revista. As melhorias na saúde em Guarulhos, implementadas recentemente, são visíveis e podem ser comprovadas todos os dias pelos usuários da rede pública municipal”.

*Maiores informações você confere na edição desta quinta-feira (09) do HOJE.

Foto: Ivanildo Porto