Ciclista morto na avenida Tiradentes é a oitava vítima no município neste ano

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

Foto: Reprodução Redes Sociais

O estudante Gustavo Mangelot, 18, morador da região do Bela Vista, é o oitavo ciclista a morrer em acidentes de trânsito em Guarulhos neste ano. De acordo com dados do Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo (Infosiga), até o mês passado, foram computadas sete mortes, sendo fevereiro e agosto, com duas vítimas, os meses com maior número de casos.

Na noite desta quarta-feira (26), por volta das 23h, Mangelot morreu atropelado na avenida Tiradentes, n° 2522, no cruzamento com a avenida Papa Pio XII, no bairro Jardim Paraventi. De acordo com a PM, testemunhas disseram que o ciclista estava descendo a avenida sentido bairro, quando tentou passar entre um veículo e um coletivo, sendo atingido pelo carro e depois pelo ônibus.

A PM informou que o motorista do veículo se evadiu do local. O boletim de ocorrência foi lavrado no 1° Distrito Policial e a Polícia Civil investiga o caso. De acordo com a Secretaria de Transportes e Trânsito (STT), o acidente envolveu um ônibus intermunicipal da linha 110, que realizava o itinerário entre o bairro do Cocaia até a região do Turucuvi, em São Paulo.

A STT também destacou que câmeras instaladas na região não conseguiram flagrar o momento da colisão. “Não houve desvio na via, mas foi feita uma operação de Siga e Pare. O corpo da vítima foi retirado, após realização da perícia, às 2h40 desta quinta-feira (27)”, disse em nota a STT.

O sepultamento do jovem ocorreu às 16h30 desta quinta-feira no cemitério da Vila Rio de Janeiro. Pelas redes sociais, a página da Escola Estadual Alice Chuery, localizada na rua Antônio Camargo, n° 130, no Jardim São Jorge, lamentou a morte de Mangelot, aluno do terceiro ano do ensino médio no período noturno. “Nesse momento de tristeza, peço que todos os alunos se unam orações , e respeito ao sentimento da família e amigos”.

A prima do jovem, a professora Ana Cláudia, 29, disse que Mangelot sempre se deslocava de bicicleta pela cidade e que estava retornando da escola no momento do acidente. “Ele sempre estava com a bicicleta, mas essa foi a primeira vez que ele foi com ela para a escola”, disse Ana.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP), afirmou que instaurou um inquérito para investigar a morte do estudante. “O Setor de Inteligência da delegacia realiza diligências pelo local, em busca de imagens que possam identificar o autor do crime e o carro utilizado”.