Tradicionalmente, o mês de janeiro tem o maior índice de demissões em todo o ano e em 2019 não foi diferente. O setor de varejo alimentar foi um dos mais atingidos, com Guarulhos sendo um dos municípios que mais demitiu no estado.

Segundo levantamento feito pela Associação Paulista de Supermercados (Apas), 186 demissões foram oficializadas no primeiro mês do ano. É a terceira maior marca de São Paulo, ficando atrás apenas da capital paulista (1791) e Bauru (225). Em todo o estado, o número chegou a 7.208 demissões, pior marca desde janeiro de 2015.

Para o especialista Claudio Tomanini, professor de MBA da Fundação Getúlio Vargas e palestrante a mais de 15 anos, isto ocorreu, pois, as pessoas estão gastando menos. “Com a crise, os consumidores estão gastando apenas o necessário nas compras, o que acaba impactando diretamente nas finanças das empresas”, comentou.

Especialista em vendas, o dono do site https://www.tomanini.com.br completa dizendo que este cenário tende a melhorar nos próximos anos na cidade. “Guarulhos é uma cidade que, economicamente falando, tem um grande potencial. Com a motivação certa dos setores, a taxa de desemprego deverá diminuir”, concluiu Tomanini.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here