Até o dia 15 de julho, diariamente das 9h às 22h, o Salão de Exposições do Adamastor Centro recebe a exposição “Da Terra”, acervo do colecionador de obras de arte e empresário, Roberto Vilela.  A abertura oficial da exposição, que acontece na segunda-feira (15), às 19h, conta com vernissage e bate papo com o colecionador. A entrada é gratuita e a classificação, livre.

Sob curadoria de Anna Guerra, a exposição apresenta pinturas e esculturas que retratam o amplo repertório de cores, formas e hábitos distintos do Brasil.

De acordo com a curadoria, a exposição traz obras que variam do figurativo ao abstrato, do clássico ao contemporâneo, nas quais os artistas foram flagrados num mistério, enraizados pela própria natureza. “No que tange às manifestações artísticas, este trabalho é desde já uma homenagem à figura brasileira, com sua força e delicadeza em perfeita harmonia”, diz Ana em seu texto de apresentação.

Ainda, segundo ela, “essa terra dá de tudo, que se possa imaginar. Quem colhe fora do tempo, não sabe o que o tempo dá! Com um repertório amplo, no país das cores, formas, e hábitos distintos, encontramos um contraste de identidades semeados por diversos estados da pátria Amada. Ao olhar com um pouco mais de atenção, verá a identidade pessoal de cada lugar em particular. Uma experimentação artística tendenciosa e em expansão. Variando do figurativo ao abstrato, do clássico ao contemporâneo, os artistas foram flagrados num mistério, enraizado pela própria natureza. Inspirada no ontem, atenta ao hoje e com esperança no amanhã, a liberdade que conduz a mostra, numa terra onde a miscigenação é característica principal, conceitua a própria presença do colecionador, em histórias que exalam a pura emoção humana em forma de cores”.

Serviço:

Abertura: segunda-feira (15), às 19h

Período: de 16 de abril a 15 de julho

Horário: diariamente das 9h às 22h

Local: Salão de Exposições do Adamastor Centro

Avenida Monteiro Lobato, 734 – Macedo

Entrada gratuita

Classificação livre

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here