Guarulhos é o segundo município com maior número homicídios no estado de SP

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

A cidade de Guarulhos é a segunda no estado de São Paulo com maior número de homicídios, de acordo com o Atlas da Violência, divulgado na segunda-feira (05), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O primeiro lugar ficou com São Paulo, com 1.011 mortes, seguido pelo município com 197 casos.

Apesar de divulgado nesta semana, os dados do estudo do Atlas da Violência, que analisou 310 municípios do país com mais de 300 mil habitantes são de 2017. De acordo com o Ipea, com esses números, Guarulhos tem uma taxa de homicídio de 19,6 casos a cada 100 mil habitantes, porém, a cidade está entre os 120 municípios que acumulam 50% dos homicídios estimados em 2017.

Já no ranking realizado com a taxa estimada de homicídios para municípios com mais de 100 mil habitantes no estado,  Guarulhos ocupa a 16° colocação, e a liderança é da cidade de Itapecerica da Serra, que com uma população estimada de 170.927 mil habitantes, registrou 19 mortes em 2017, com uma taxa de 36,1 homicídios a cada 100 mil habitantes.

Além dos 197 casos, o estudo do Ipea também aponta que Guarulhos tem 67 homicídios ocultos, com falha na possível identificação da causa da morte, de acordo com o pesquisador do Ipea e coordenador do estudo, Daniel Cerqueira, 53. “Em nossa pesquisa, identificamos que essas mortes ocultas, podem ser homicídio, suicídio ou acidente, porém, em 70% dos casos são homicídios”, destacou Cerqueira.

De acordo com o pesquisador, 9% do total de mortes no país são indeterminadas. “Esses homicídios ocultos como no caso de Guarulhos, são falhas do estado em identificar a causa da morte. Essa falha tem como base duas fontes de problemas, a qualidade da produção de informação dos órgãos e também as agências que compõem o sistema de informação desta mortalidade”, concluiu.

Com uma população de 224,8 mil habitantes e 328 assassinatos, a cidade de Maracanaú, no Ceará, teve a maior taxa de homicídios do país por 100 mil habitantes em 2017, com 145,7, seguido por Altamira, no Pará, com 113,7 homicídios e uma população de 111.435 mil pessoas. A reportagem questionou a Secretaria de Segurança Pública do estado de São Paulo (SSP), que em nota, afirmou que em Guarulhos, os casos de homicídios e número de vítimas reduziram 7,14% e 14,89%, respectivamente, na comparação com o mesmo período do ano passado.

“De acordo como Atlas da Violência, 14 dos 20 municípios menos violentos do Brasil estão no Estado, que também registrou a menor taxa de homicídios do país. Atualmente, os dados compilados pela pasta entre julho de 2018 e junho de 2019, revelam que a taxa de homicídios é de 6,42 casos a cada grupo de 100 mil habitantes”, destacou a SSP.

Foto: Ivanildo Porto