Líder do governo reprova transformação da UBS Ponte Grande em Policlínica

Antônio Boaventura

[email protected]

A Câmara Municipal avalizou na sessão parlamentar desta terça-feira (22) a transformação da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Ponte Grande em Policlínica, proposta pelo vereador Paulo Roberto Cecchinato (PP). Entretanto, o líder do governo, Eduardo Carneiro (PSB), reprovou o ato e entende que esta sugestão tende a não ser contemplada pelo Executivo.

A proposta recebeu o apoio de 13 parlamentares contra 11 que entenderam ser desnecessária a mudança. Caso a medida seja aprovada pelo Executivo, aquela unidade de saúde pode ampliar o seu atendimento ou atender causas específicas.

“Eu votei contra, até por que o vereador não pode mandar projeto que muda a estrutura administrativa de uma secretaria e acredito que deva ter o veto do Executivo. Isto vendo pela parte legal. Do ponto de vista do mérito entendo a boa intenção do vereador Paulo Roberto e acredito que o caminho não é esse”, disse Carneiro.

Ele também ressaltou que o melhor caminho para ampliar os serviços de prestação á saúde no distrito da Ponte Grande é aumentar o período de atenção aos usuários por até 24 horas. O líder do governo entende que a transformação não trará benefícios para a população e acredita que nada deve alterado. Atualmente, o município conta com 69 UBSs.

“A gente deveria lutar por unidades básicas de saúde trabalhando a todo vapor. E na eventualidade de uma eventual localidade não ter o atendimento 24 horas, levar para aquela região. Eu não acredito que a transformação vá beneficiar a região. Eu acredito que UBS tem a sua importância e deve continuar como unidade básica”, concluiu.