Guarulhos já tem confirmado quase 900 casos de sarampo

Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo.

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]

A cidade de Guarulhos já tem confirmado 885 casos de sarampo, segundo dados divulgados na tarde desta quinta-feira (28), pela Secretaria Municipal de Saúde. Apesar do número elevado, até o momento, não houve nenhum óbito, e os bairros mais atingidos ainda continuam sendo o Centro e a Cantareira.

Nos jovens de 20 a 29 anos, segundo a administração municipal, foram confirmados 273 casos. Já em crianças, foram 125 casos em menores de um ano, além de 128 na faixa etária de um a quatro anos e 31 ocorrências entre as crianças de cinco a nove anos. Em idosos, a doença tem apenas quatro casos em pessoas com idade igual ou superior a 60 anos.

Neste sábado (30), todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Guarulhos abrem no último dia da campanha de vacinação para jovens entre 20 a 29 anos. Segundo a secretaria, no município, além das UBSs, o Ambulatório da Criança, na região central, também irá vacinar das 8h às 16h. Apesar do término da campanha, a administração municipal informou que a vacinação contra a doença continua, já que integra o calendário nacional de rotina.

Segundo o Ministério da Saúde, a vacina não é recomendada para gravidas. “A vacina é contraindicada durante a gestação, pois, são produzidas com o vírus do sarampo vivo, apesar de atenuado. A gestação tende a diminuir a imunidade da mulher, o que deixa o sistema imunológico mais vulnerável e, por isso, a vacina pode desenvolver a doença ou complicações”, destacou o ministério.

A transmissão do vírus ocorre de pessoa a pessoa, por via aérea, ao tossir, espirrar, falar ou respirar. “O sarampo é tão contagioso que uma pessoa infectada pode transmitir para 90% das pessoas próximas que não estejam imunes. A transmissão pode ocorrer entre quatro dias antes e quatro dias após o aparecimento das manchas vermelhas pelo corpo”, informou o ministério.