Hospital do Centro de Combate ao Coronavírus de Guarulhos inicia atendimento com três internações

Foto: Ivanildo Porto

O primeiro Centro de Combate ao Coronavírus de Guarulhos (3CGRU), que até esta segunda-feira (6) já realizava a triagem de pessoas com sintomas da doença, inclusive por drive-thru, a partir desta terça-feira (7) passou a operar como hospital de campanha. Até o final da tarde, três pacientes – duas mulheres e um homem – se encontravam internados no local com sintomas da doença. A partir de agora, o complexo funcionará 24 horas por dia, sete dias por semana, com 70 leitos, sendo dez de UTI, para o atendimento de pacientes infectados pela Covid-19.   

O complexo, aberto para triagem no último dia 27, está localizado ao lado do Clube Cecap, próximo ao Hospital Geral de Guarulhos. Tem estrutura e capacidade para o atendimento de casos de infecção pelo novo coronavírus considerados de baixa, média e alta complexidade. Para tanto, conta com 14 respiradores mecânicos para pacientes graves e cerca de 200 profissionais, incluindo médicos, enfermeiros, equipe de limpeza, segurança, entre outros.  

O hospital de campanha ocupa um espaço de 5 mil m², com 3 mil m² de área construída, incluindo tendas, carreta com tomógrafo e espaço para estacionamento de ambulâncias. “Em tese, de agora em diante não precisaremos mais encaminhar os pacientes infectados pela Covid-19 para outros hospitais porque nós temos condições de atender neste local 100% das pessoas que nos procurarem neste momento, mas não sabemos como ficará a demanda no futuro”, destacou o secretário-adjunto de Saúde, Luís Fernando Ribeiro de Castro, responsável pelo novo complexo.    

Simultaneamente, no mesmo complexo, o centro de triagem dará prosseguimento ao atendimento das pessoas com suspeita de Covid-19. Ou seja, todos aqueles que apresentarem febre, tosse, falta de ar e dor de garganta podem se dirigir até o 3CGRU, das 7h às 19h, para  receber o atendimento clínico, que poderá ser feito até dentro do carro pelo sistema drive-thru, que tem capacidade para atender até seis veículos ao mesmo tempo.  

No local as pessoas passam por avaliação clínica e medição de temperatura por laser para o diagnóstico da Covid-19. Caso apresente febre e outros sintomas, é encaminhada à triagem médica, na qual os pacientes serão classificados por cores: a branca significa que está liberado para casa; a azul, apresenta algum sintoma, mas não necessita de internação; amarela, ficará em observação para a coleta de exames; e vermelha, deverá ser encaminhado imediatamente para o leito de UTI, sendo submetido a tomografia.  

O Centro de Combate ao Coronavírus de Guarulhos conta ainda com uma máquina de desinfecção por névoa seca contra a Covid-19. A tecnologia utilizada, chamada fog in place, fragmenta uma solução desinfetante em bilhões de nanopartículas capazes de preencher quaisquer espaços, inclusive de difícil acesso para o operador. O produto utilizado pode chegar a até 72 horas de proteção de superfícies e do ar ambiente.