Americano embriagado morde aeromoça no Japão e força retorno de avião

Pixabay
- PUBLICIDADE -
C&C

Um passageiro norte-americano que estava em um voo que saia do Japão para os Estados Unidos mordeu uma comissária de bordo, por conta disso, o avião precisou retornar para o Aeroporto Internacional de Tóquio.

Segundo um porta-voz da empresa aérea All Nippon Airways (ANA) à agência de notícias AFP, o homem estava ‘’muito bêbado’’ e a comissária se feriu com o ataque. O autor da mordida disse à polícia que havia tomado um remédio para dormir, e segundo o canal japonês TBS, ele também afirmou aos investigadores que ‘’não se lembra’’ da agressão.

Nas redes, muitos internautas lamentam o cenário da aviação japonesa nesse inicio de ano, isso porque no sábado (13), um avião da Boing 737-800 precisou retornar para a pista de decolagem após uma rachadura ser descoberta na janela da cabine do piloto em pleno voo. Na última terça-feira (16), aviões da Korean Air e da Cathay Pacific colidiram no aeroporto New Chitose, em Hokkaido. De acordo com o jornal britânico Metro, o acidente aconteceu durante uma forte nevasca. Não houve nenhum ferido entre os 289 passageiros da Korean Air, e o avião da Cathay Pacific estava sem passageiros.      

No começo do ano (2), um acidente de maior preocupação ocorreu. Cinco pessoas morreram após o choque entre um avião da Guarda Costeira do Japão com um avião comercial da Japan Airlines, no aeroporto internacional de Haneda, em Tóquio. Os 379 passageiros da aeronave comercial sobreviveram.

- PUBLICIDADE -